O meio campista campo-grandense, Guilherme Madruga, jogador do Botafogo de Ribeirão Preto, irá disputar o Campeonato Paulista Série A 2023 que tem início no próximo dia 15 de janeiro. De acordo com a família, o atleta de 22 anos nasceu em Campo Grande e foi criado em São Gabriel do Oeste.
Ainda de acordo com a família, antes de completar 1 ano, seus pais já o levavam nos campos de futebol. Sua mãe, Ju, sempre dava de presente bolas de futebol e ele jogava com seu irmão mais velho.

Aos 13 anos saiu da casa dos pais e foi para Campo Grande morar com os avós, em busca de oportunidades, treinando em Campo Grande, permaneceu durante um ano. O que menos esperava é que a maior oportunidade apareceria em São Gabriel do Oeste, em um jogo das lendas do Corinthians e Internacional, que com presença de Marcelinho Carioca, Biro Biro, Índio, etc. Guilherme Madruga causou boa impressão nos jogadores e apareceu uma oportunidade de ir para São Paulo.

Porém, sem espaço nos clubes da região, no sub15 migrou-se para Usipa (Ipatinga-MG), jogando o campeonato mineiro. No ano seguinte, retornou para São Paulo, onde jogou por José Bonifácio e dividia os treinos com seu irmão que também tentou a carreira, mas teve que encerrar precocemente devido a uma grave lesão.

Ainda de acordo com a família, Guilherme foi transferido para o Desportivo Brasil (SP), time em parceria com Shandong Luneng da China, e disputou diversos campeonatos de base e profissional como Campeonato Paulista sub17, Campeonato Paulista sub20, Copa São Paulo Junior, Campeonato Paulista série A3, Copa Paulista e Weifang Cup China.

Em novembro 2019, Guilherme foi cotado no time chinês Shandong Luneng, ficou um período por lá, treinando com o Roger Guedes, Moisés (ex-palmeiras) e o jogador belga Fellaini, mas devido a Covid-19, a transferência não ocorreu, os anos se passaram e atualmente, na janela de transferência de fim do ano de 2022, Guilherme Madruga, ingressa ao elenco do Botafogo de Ribeirão Preto para jogar o Campeonato Paulista série A 2023, no Grupo A onde também estão o Santos, Bragantino, Botafogo e Inter de Limeira.

Atleta em sua passagem pelo Desportivo Brasil (reprodução)