Fred perde pênalti no fim e Fluminense, em crise, só empata com o Unión Santa Fe

| 26/04/2022
- 23:28
Fred perde pênalti no fim e Fluminense, em crise, só empata com o Unión Santa Fe
Com o resultado, o Fluminense ficou em terceiro lugar no Grupo H, (Foto: assessoria/Fluminense)

A crise está instaurada no , que voltou a jogar mal nesta terça-feira no empate com o Unión Santa Fe, da Argentina, por 0 a 0, no Maracanã, pela terceira rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana. Fred perdeu pênalti aos 52 minutos do segundo , expondo ainda mais o péssimo momento tricolor na temporada.

Com o resultado, o Fluminense ficou em terceiro lugar no Grupo H, com quatro pontos. Enquanto o Unión Santa Fe permaneceu na liderança, agora com cinco pontos. Oriente Petrolero (4º) e Júnior Barranquilla (2º) ainda se enfrentam na quinta-feira, na Bolívia.

Esta foi a terceira partida seguida em que o Fluminense não convence dentro de campo e recebe vaias das arquibancadas. Foi assim na vitória sobre o Vila Nova, por 3 a 2, na Copa do Brasil, e depois na derrota para o Internacional, por 1 a 0, no Brasileirão, ambas no Rio.

Com bola rolando, o Fluminense esboçou pressão inicial e quase abriu o placar no primeiro minuto, quando Marlon recebeu lançamento, driblou o goleiro e finalizou pela linha de fundo, perdendo um gol incrível. Apesar do lance, o time carioca não conseguiu manter o ritmo ofensivo.

Tanto não conseguiu manter o ritmo, que o Fluminense passou a trocar passes, mas não encontrou espaços na marcação argentina. O Unión Santa Fé seguiu cauteloso, mas também assustou aos 26 minutos, quando Jonatan Álvez foi lançado, ficou cara a cara com Fábio e finalizou para fora.

O primeiro tempo terminou com o Fluminense sendo ligeiramente superior, mas com o Unión Santa Fé não tendo do que reclamar, sendo o empate o placar mais justo.

Pressionado pelos torcedores, o técnico Abel Braga colocou Fred logo após o intervalo para fazer dupla de ataque com Germán Cano Mas quem voltou a assustar foram os argentinos, aos dois minutos, quando Calderón aproveitou cruzamento e cabeceou para boa defesa do goleiro Fábio.

Os minutos foram passando e o tempo tirou a impaciência dos torcedores, que passaram a vaiar os jogadores e entoaram gritos de ‘burro’ para Abel Braga quando ele tirou o zagueiro David Braz e o meia Ganso de campo. Um clima nada favorável para um time em crise com o bom futebol.

A cartada final de Abel Braga foi com a entrada de Luiz Henrique nos minutos finais. E deu certo. O Fluminense conseguiu pênalti aos 47 minutos, quando Cano cruzou na área e a bola tocou na mão de Juárez dentro da área. O que ninguém contava é que Fred desperdiçaria a penalidade aos 52 minutos, aumentando ainda o clima tenso no Maracanã.

O Fluminense volta a campo na quarta-feira, dia 4 de maio, para enfrentar o Júnior Barranquilla (COL), às 21h30, novamente no Maracanã, no Rio de Janeiro. Enquanto Unión Santa Fé jogará na quinta, dia 5, diante do Oriente Petrolero (BOL), às 19h15, na Argentina.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 0 X 0 UNIÓN SANTA FE (ARG)

FLUMINENSE - Fábio; Nino, Luccas Claro e David Braz (Calegari); Caio Paulista (Fred), Wellington (Yago Felipe), Nonato, Ganso (Nathan) e Marlon; Arias (Luiz Henrique) e Germán Cano. Técnico: Abel Braga.

UNIÓN SANTA FE (ARG) - Mele; Brítez, Calderón, Polenta e Corvalán; Portillo, Nardoni (Peralta Bauer), Machuca (Juárez) e Zenón; Luna Diale (Blasi depois Roldán) e Jonatan Álvez. Técnico: Gustavo Munúa.

ÁRBITRO - Esteban Ostojich (URU).

CARTÕES AMARELOS - Luccas Claro, Nathan e Marlon (Fluminense); Luna Diale e Jonatan Alvez (Unión Santa Fé).

PÚBLICO - 10.175 pagantes (11.140 total).

RENDA - R$ 331.802,50.

LOCAL - Estádio do Maracanã, no Rio (RJ).

Veja também

A partida foi realizada no Ginásio Poliesportivo Avelino dos Reis (Guanandizão)

Últimas notícias