Cruzeiro ganha do Londrina e após 80 rodadas alcança o G-4 da Série B

| 26/04/2022
- 23:38
cruzeiro
Imagem ilustrativa - (Foto: assessoria/Cruzeiro)

Foram 80 rodadas para, enfim, o aparecer na zona de classificação para voltar à elite do futebol brasileiro. Nesta terça-feira à noite, ao bater o Londrina por 1 a 0, em lance bizarro do goleiro adversário, a equipe chegou aos sete pontos em quatro rodadas da Série B. Rebaixado em 2019, o time celeste passou maus bocados nas últimas duas temporadas e, em nenhuma rodada, figurou entre os quatro primeiros colocados.

O Cruzeiro soma agora sete pontos, em quarto lugar, mas ainda pode ser ultrapassado no complemento da rodada, com os jogos desta quarta-feira. O líder é o Bahia, que chegou aos 10 ao bater o Sampaio Corrêa também pelo placar mínimo. O Londrina está em posição intermediária, com quatro.

Em casa, o time mineiro iniciou bem a partida, com pressão no ataque, sobretudo porque a proposta de jogo do Londrina era se fechar na defesa e tentar lances esporádicos à frente. Mas, à medida que o passou, a tática dos paranaenses se mostrou mais eficiente na primeira etapa.

Impaciente, o Cruzeiro errava muito e pouco finalizava. Já o Londrina levou perigo à meta de Rafael Cabral. Na melhor delas, Caprini bateu falta com força, do bico da área, e o goleiro cruzeirense espalmou de mão trocada. Bastante criticado pela torcida, o atacante Rodolfo foi substituído na volta do intervalo e Daniel Junior, nova aposta da base cruzeirense, deu outro ritmo ao ataque. Ele quase fez um belo gol em arremate forte de perna esquerda da fora da área, que explodiu no travessão.

Antes de chegar ao gol da vitória, o Cruzeiro viveu momentos de tensão no Mineirão. Em contra-ataque, Douglas Coutinho recebeu livre dentro da área e tocou para as redes com estilo na saída do goleiro. Após análise do VAR, o impedimento no início do lance foi assinalado.

A anulação do gol incendiou de vez a torcida no Mineirão e Pezzolano abdicou do esquema com três zagueiros, colocando o atacante Edu no lugar do zagueiro Eduardo Brock. Funcionou, com uma contribuição gigantesca do goleiro Matheus Nogueira. Ao tentar sair jogando com os pés na pequena área, ele escorregou e Luvannor roubou a bola na pressão. A bola sobrou para Edu, que não foi fominha e devolveu a bola ao companheiro, que chutou com força para fazer seu primeiro gol com a camisa celeste aos 20 minutos. O Londrina não reuniu forças para a reação.

No sábado, às 19h, o Cruzeiro joga fora de casa contra a embalada Chapecoense, que derrotou nesta terça o Novorizontino, por 3 a 0, e chegou aos oito pontos. O Londrina abre a quinta rodada na sexta-feira. Joga em casa, às 19h, contra o Vila Nova, que ainda não venceu nesta Série B.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 1 X 0 LONDRINA

CRUZEIRO - Rafael Cabral; Oliveira, Zé Ivaldo e Eduardo Brock (Edu); Willian Oliveira, Neto Moura (Pedro Castro), Pais e Rafael Santos (Matheus Bidu); Luvannor, Rodolfo (Daniel Junior) e Jajá (Geovane) Técnico: Paulo Pezzolano.

LONDRINA - Matheus Nogueira; Samuel Santos (Salatiel), Augusto, Saimon e Felipe Vieira; João Paulo, Jhonny Lucas (Mossoró) e Jean Henrique (Luan); Douglas Coutinho (Thiago Ribeiro), Caprini e Gabriel Santos (Marcinho). Técnico: Adilson Batista.

GOL - Luvannor, aos 20 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Douglas Schwengber da Silva (RS).

CARTÕES AMARELOS - João Paulo (Londrina); Eduardo Brock, Luvannor, Rafael Cabral (Cruzeiro).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

Veja também

O Coxa quebrou um jejum de seis jogos sem vitória

Últimas notícias