Chapecoense faz três no Novorizontino e continua entre os líderes da Série B

| 26/04/2022
- 21:42
Chapecoense faz três no Novorizontino e continua entre os líderes da Série B
A vitória, a segunda na Série B, deixou a Chapecoense com oito pontos (Foto: assessoria/Chapecoense)

Invicta, a Chapecoense continua entre os líderes da Série B do Brasileiro. Na noite desta terça-feira, derrotou o Novorizontino por 3 a 0, no estádio Jorge Ismael de Biasi, pela quarta rodada. Sem vencer em 2022, o time paulista jogou boa parte do jogo com um atleta a menos - Danielzinho foi expulso ainda no primeiro tempo.

A vitória, a segunda na Série B, deixou a Chapecoense com oito pontos, brigando diretamente pela liderança. O Novorizontino, por outro lado, conheceu o seu terceiro tropeço consecutivo, ficando com dois pontos, na luta contra a zona de rebaixamento.

O Novorizontino começou o jogo disposto a desencantar na temporada. Logo no minuto inicial, Quirino obrigou Vagner a fazer boa defesa. Mas a pressão não durou muito tempo. A Chapecoense equilibrou as ações e inaugurou o marcador em seu primeiro lance de perigo. Em um lance confuso entre e Joílson, Perrotti se aproveitou para tocar na saída de Giovanni

O jogo ficou quente, com os ânimos exaltados. O Novorizontino saiu em busca do empate, mas a situação piorou ainda mais aos 42 minutos, quando o árbitro expulsou Danielzinho por pisar em Léo. O VAR precisou ser acionado para que o cartão vermelho fosse mostrado.

Com um jogador a mais, a Chapecoense foi ainda mais dominante e ampliou o marcador aos 49 minutos. Matheus Bianqui, que acabara de entrar no lugar de Marcelo Freitas, mergulhou para, de cabeça, fazer 2 a 0. A jogada foi toda de Orejuela, pelo lado esquerdo de campo.

No segundo tempo, Allan Aal mudou o time do Novorizontino, que, mesmo com dez em campo, subiu ao ataque. Na melhor oportunidade, Wálber arriscou de fora da área, e viu Vagner fazer grande defesa. Ligger também tentou, mas não conseguiu diminuir.

O time paulista foi cansando e viu a Chapecoense aumentar aos 17 minutos. Em novo vacilo do sistema defensivo do Novorizontino, Matheus Bianqui recuperou a bola, saiu de frente para Giovanni e fez mais um. Após abrir ainda mais vantagem, o time catarinense passou a administrar a vantagem e não teve dificuldade em confirmar os três pontos.

Na próxima rodada, a Chapecoense enfrenta o Cruzeiro, no sábado, às 19h, na Arena Condá, em Chapecó. No domingo, às 11h, o Novorizontino visita o Criciúma, no Heriberto Hülse, em Criciúma

FICHA TÉCNICA

NOVORIZONTINO 0 X 3 CHAPECOENSE

NOVORIZONTINO - Giovanni; Felipe Rodrigues (Felipe Albuquerque), Joílson, Wálber e Romário (Ligger); Gustavo Bochecha, Jhony Douglas (Luiz Henrique) e Diego Torres (Rômulo); Danielzinho, Quirino e Lucas (Hélio). Técnico: Allan Aal.

CHAPECOENSE - Vagner; Ronei, Léo, Victor Ramos e Fernando; Marcelo Freitas (Matheus Bianqui), Betinho (Luizinho) e Lima (Claudinho); Orejuela, Perotti (Jonathan) e Maranhão (Guilherme Rend). Técnico: Gilson Kleina.

GOLS - Perotti, aos 13 e Matheus Bianqui, aos 49 minutos do primeiro tempo. Matheus Bianqui, aos 17 minutos do segundo tempo

ÁRBITRO - Paulo Cesar Zanovelli da Silva (MG)

CARTÕES AMARELOS - Jhony Douglas (Novorizontino); Guilherme Rend e Xandão (Chapecoense).

CARTÃO VERMELHO - Danielzinho (Novorizontino).

LOCAL - Estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte (SP).

Veja também

Com organização tática e ótimo toque de bola, o Internacional de recuperou da traumática derrota...

Últimas notícias