Atletas de MS faturam 111 medalhas no Campeonato Brasileiro de Judô

| 03/05/2022
- 09:05
Atletas Judô MS
(Foto: Divulgação/Fundesporte)

Atletas de Mato Grosso do Sul subiram no pódio e faturam 111 medalhas no de Judô - Região IV, no último fim de semana. As disputas foram sediadas em Campo Grande, no Ginásio Poliesportivo Avelino dos Reis, o Guanandizão, entre judocas da casa, , Goiás, Mato Grosso, Tocantins e Rondônia.

Segundo a Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul), o evento foi organizado pela Confederação Brasileira de Judô em parceria com a Federação de Judô de MS. Ao todo, foram 36 ouros, 28 pratas e 47 bronzes, conquistadas por 163 atletas do Estado.

“Sem dúvida nenhuma, a melhor das sensações é ter a certeza do dever cumprido. Por doze anos nós estivemos à frente do melhor resultado na região IV e, logo antes da pandemia, em Rondônia. Infelizmente, não nos consagramos campeões, apesar da certeza de um bom time”, declara o presidente da FJMS, José Ovídio. Na ocasião, Mato Grosso do Sul ficou atrás do Distrito Federal na colocação geral da competição.

Distribuídas, o Distrito Federal conquistou 96 medalhas, dos 142 inscritos; Goiás levou 26; Mato Grosso 39; Rondônia 20; e Tocantins 10. “Sabemos que estamos no rumo certo e, daqui para frente, nossa responsabilidade aumenta. Vamos continuar nos esforçando para manter o resultado alcançado esse ano”, conclui Ovídio.

A judoca Alexia Vitória mais uma vez foi destaque no campeonato. Atual campeã pan-americana e atleta de apoio do judô brasileiro na Olimpíada de Tóquio-2020, a competidora obteve duas medalhas de ouro na competição, nas categorias Sub-21 feminino ligeiro (-48kg) e sênior feminino ligeiro (-48kg).

“Alexia hoje está em um ótimo nível, estamos no páreo para o ciclo olímpico de Paris. Ela é campeã pan-americana, então seu nível tem que ser altíssimo”, se orgulha Alessandro Nascimento, que é pai e técnico de Alexia. “Nas horas das lutas, não posso deixar a emoção tomar conta, se não acabo atrapalhando. Mas como pai me sinto muito realizado, e com a sensação de dever cumprido”.

“Nosso Estado constantemente se destaca em competições nacionais de lutas, recompensando o intenso trabalho de nossos técnicos e atletas. Os resultados apresentados nos enchem de orgulho, nos trazendo a certeza de que estamos no caminho certo no que tange o apoio ao esporte. Agora, continuaremos trabalhando para trazer ainda mais medalhas nas próximas competições”, disse o diretor-presidente da Fundesporte, Silvio Lobo Filho.

Confira aqui a classificação completa dos atletas.

Veja também

Internacional terá de devolver o placar ou ter uma vantagem de três gols para garantir vaga na próxima fase

Últimas notícias