Renato Rezende fica em 7º e não se classifica às finais do BMX na Olimpíada

Apenas os quatro melhores colocados de cada semifinal avançam
| 30/07/2021
- 13:29
Renato Rezende fica em 7º e não se classifica às finais do BMX na Olimpíada
O brasileiro ficou na sétima colocação da sua bateria na semifinal disputada - (Foto: Reprodução/Matthew Childs)

Renato Rezende está fora das finais do ciclismo BMX na Olimpíada de . O brasileiro ficou na sétima colocação da sua bateria na semifinal disputada na manhã desta sexta-feira (30) no Japão (madrugada do Brasil pelo horário de Brasília). Apenas os quatro melhores colocados de cada semifinal avançam.

Rezende conseguiu emplacar um bom ritmo no início da prova, chegando a ficar em terceiro, mas não conseguiu manter a velocidade e perdeu posições. O brasileiro concluiu a primeira parte da prova na quinta colocação. O líder foi o holandês Niek Kimmann.

Durante a segunda bateria, Rezende caiu na pista ao se chocar com o suíço David Graf logo na primeira curva. Sem conseguir se recuperar, o ciclista terminou na sétima colocação, posição que acabou repetindo na terceira e última prova do dia, o que encerrou suas chances de ir para as finais.

Em Tóquio, Renato Rezende buscava sua primeira medalha olímpica. Antes, o ciclista foi bronze nos Jogos Sul-Americanos de Medellín-2010, campeão mundial Elite Cruiser (2010), Ouro BMX e Prata Trial nos Jogos Sul-Americanos de Santiago-2014 e bicampeão pan-americano (2014 e 2015).

A queda de Rezende encerrou as chances de medalha para o Brasil na modalidade. Na quinta-feira, pelo horário local, a tetracampeã brasileira Priscilla terminou todas as corridas de sua bateria na sexta colocação e também não avançou para a disputa das semifinais.

ACIDENTE - Durante a disputa masculina desta sexta-feira, o americano Connor Field sofreu uma grave queda na última bateria da semifinal que disputava. O ciclista foi arrastado pela pista após três competidores se chocarem e saiu do local de competição de maca.

Ainda não há informações sobre o estado de saúde de Connor, que apesar do acidente, avançou para a final, mas não a disputou. Ele era o atual campeão olímpico, ao vencer no Rio-2016. O triunfo em Tóquio foi do holandês Niek Kimmann.

Veja também

O Cruzeiro conquistou a terceira vitória consecutiva na Série B do Campeonato Brasileiro ao derrotar...

Últimas notícias