Esportes

Fortaleza confirma boa fase, vence o Clássico Rei e avança na Copa do Brasil

Sequência positiva se confunde com a chegada do técnico argentino

Agência Estado Publicado em 10/06/2021, às 23h20

Assessoria/Fortaleza
Assessoria/Fortaleza

Um dos líderes do Brasileirão e invicto há 18 jogos, o Fortaleza confirmou a boa fase na noite desta quinta-feira, quando venceu o arquirrival Ceará por 3 a 0, em Clássico Rei de nº 585 na Arena Castelão, pelo confronto de volta da terceira fase da Copa do Brasil. Este foi o quinto confronto realizado entre os times em 2021, sendo que o Fortaleza venceu duas vezes e empatou nas outras três oportunidades.

Coincidentemente, a sequência positiva se confunde com a chegada do técnico argentino Juan Pablo Vojvoda, que ainda não perdeu no Fortaleza. Desde então o time foi campeão estadual em cima do próprio Ceará, nos pênaltis, e tem realizado ótima campanha no Brasileirão, com duas vitórias em dois jogos disputados.

Mais do que a classificação às oitavas de final da Copa do Brasil, a vitória também garantiu ao Fortaleza a premiação de R$ 2,7 milhões. O adversário na próxima fase ainda será definido em sorteio na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), ainda sem data definida.

Apesar dos números da atual temporada serem positivos ao Fortaleza, o Ceará ainda detém larga vantagem nos números do Clássico Rei, com 196 vitórias contra 181 do time tricolor. Ainda são 208 empates num dos confrontos mais antigos do país.

Com a bola rolando, embora o Fortaleza tenha aberto 2 a 0 no placar antes do intervalo, foi o Ceará que quase fez o primeiro no Castelão. Logo aos sete minutos, Jordan ajeitou de cabeça e Klaus, de primeira, acertou a trave. O goleiro Felipe Alves já estava batido no lance.

Mas o Fortaleza melhorou em campo, dominou as ações e abriu o marcador. Aos 20 minutos, após cobrança de falta, Felipe ficou com a bola e finalizou na saída de Richard, coroando o time mais organizado e efetivo no ataque.

O Ceará sentiu o gol e mostrou muitas dificuldades para encontrar espaços na defesa do adversário. Tanto é que o time acabou ficando refém de lançamentos longos, o que facilitou a marcação do Fortaleza.

Antes do intervalo, aos 44 minutos, Charles recuou errado para o goleiro Richard, e David ficou com a bola para, sozinho, concluir para as redes, aumentando a vantagem no placar.

No segundo tempo o Fortaleza seguiu melhor em campo e soube controlar a partida. E, com tranquilidade, encontrou o terceiro gol. Aos 22, Yago Pikachu tocou para David, que finalizou forte, sem chances de defesa para o goleiro Richard.

O terceiro gol praticamente selou a classificação do Fortaleza, que seguiu controlando o jogo e viu o Ceará ficar refém das próprias limitações, mesmo com algumas mudanças do técnico Guto Ferreira para tentar reverter o resultado, mas sem sucesso.

Jornal Midiamax