Roger Federer vence ATP 500 de Dubai e conquista o 100º título da carreira

O suíço Roger Federer alcançou neste sábado (2) uma marca histórica. Ao vencer o grego Stefanos Tsitsipas (11º do ranking) por 2 sets a 0, com duplo 6/4, ele se sagrou campeão do ATP 500 de Dubai, conquistando assim o seu 100º título profissional. Uma marca simbólica, mas certamente histórica para ex-número 1 do mundo. […]
| 02/03/2019
- 20:08
Roger Federer vence ATP 500 de Dubai e conquista o 100º título da carreira

O suíço Roger Federer alcançou neste sábado (2) uma marca histórica. Ao vencer o grego Stefanos Tsitsipas (11º do ranking) por 2 sets a 0, com duplo 6/4, ele se sagrou campeão do ATP 500 de Dubai, conquistando assim o seu 100º título profissional. Uma marca simbólica, mas certamente histórica para ex-número 1 do mundo. As informações são do Globo Esporte.

“É bem difícil estar o tempo inteiro rodando, mas vale muito o sacrifício. É um sonho se tornando realidade para mim (chegar onde cheguei). Eu estou feliz que estou saudável, que tenho um time maravilhoso, uma família maravilhosa, tenho que agradecer muito a eles. Eu não estou aqui para conseguir todos os recordes, eu acho que o que Jimmy [Connors] fez foi incrível e precisa ser lembrado, mas eu estou feliz, satisfeito de ter jogado com Stefanos, não posso agradecer mais”, disse o suíço, fazendo referência ao tenista americano Jimmy Connors, que chegou a 109 títulos e é o recordista de títulos profissionais entre os homens. O norte-americano, que jogou entre 1972 e 1996, é o único à frente do suíço.

Ao todo, Federer disputou 152 finais de simples na carreira, o que lhe coloca com mais de 65% de aproveitamento em decisões. O primeiro título do suíço só foi alcançado em 2001, quando o mesmo já tinha 19 anos.

“Estou muito feliz por continuar jogando. Ganhei meu primeiro título em Milão, em 2001. Foi uma longa jornada. Tudo começou como o campeão mundial juvenil e tem sido incrível. Eu não faria nada diferente, amei cada minuto. Claro que é difícil algumas vezes estar no circuito e longe dos seus amigos. O sacrifício valeu muito a pena. Vejamos quanto mais eu tenho no tanque. Atingir o 100º título é definitivamente um sonho que virou realidade para mim”, declarou Federer.

O confronto deste sábado ainda marcou a revanche do suíço sobre Stefanos Tsitsipas. Em janeiro, o grego, de apenas 20 anos, foi o algoz de Federer nas oitavas de final do Aberto da Austrália, vencendo por 3 sets a 1. Na ocasião, o garoto chegou à semifinal do torneio, sendo eliminado por Rafael Nadal.

Com o título em Dubai, Federer ainda vai somar 500 pontos no ranking da ATP e subir três posições, saindo do atual 7º lugar para ocupar a 4ª colocação, atrás apenas de Novak Djokovic, Rafael Nadal e Alexander Zverev, os três mais bem posicionados atualmente.

Veja também

A dupla Neymar e Messi, do Paris Saint-Germain, ficou de fora

Últimas notícias