Esportes

Conmebol recusa pedido do Grêmio e confirma River na final

Fim do suspense. Na noite deste sábado (3), o Tribunal Disciplinar da Conmebol negou de maneira oficial o pedido do Grêmio de eliminação do River Plate por conta de Marcelo Gallardo, que estava suspenso, mas descumpriu a ordem da entidade máxima do futebol sul-americano e deu instruções ao seu time durante a partida. Na visão da Conmebol, apesar de o técnico confirmar […]

Clayton Neves Publicado em 03/11/2018, às 22h08

None

Fim do suspense. Na noite deste sábado (3), o Tribunal Disciplinar da Conmebol negou de maneira oficial o pedido do Grêmio de eliminação do River Plate por conta de Marcelo Gallardo, que estava suspenso, mas descumpriu a ordem da entidade máxima do futebol sul-americano e deu instruções ao seu time durante a partida.

Na visão da Conmebol, apesar de o técnico confirmar que não acatou a decisão de não participar do jogo, isso não interferiu no regulamento da competição. Com isso, a entidade manteve o resultado do campo, a vitória do River Plate por 2 a 1.

Se o River Plate não foi punido esportivamente, por outro lado, a Conmebol aplicou pena pesada a Marcelo Gallardo. O treinador está suspenso por três jogos e por isso não vai ficar à beira do campo nas duas partidas mais importantes dos Millonarios. Além disso, determinou uma multa na casa dos US$ 50 mil.

Com o julgamento definido, o River pode agora pensar de vez no Boca Juniors. O primeiro jogo acontece no próximo sábado, dia 10 de novembro, na La Bombonera. A volta será dia 24, no Monumental de Núñez.

Jornal Midiamax