Esportes

Técnicos de MS ganham direito a bolsa do governo com nova lei

Lei foi sancionada nesta segunda-feira

Joaquim Padilha Publicado em 02/06/2017, às 13h04

None

Lei foi sancionada nesta segunda-feira

Técnicos de atletas do Estado também terão direito a bolsa da Fundesporte (Fundação do Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul) a partir desta sexta-feira (2), com a sanção de uma lei estadual que reformula a Bolsa-Atleta concedida pelo governo do Estado.

A lei aprovada cria cinco modalidades de bolsa a serem pleiteadas por atletas e técnicos sul-mato grossenses: três tipos para atletas e dois para técnincos.

No Estado, os atletas podem conseguir uma Bolsa-Atleta Estudantil, destinada a atletas que tenham participado de eventos nacionais ou estaduais estudantis; uma Bolsa-Atleta Nacional, para atletas que tenham participado de competições esportivas em âmbito nacional; e Bolsa-Atleta Pódio Complementar, destinada aos atletas de modalidades individuais olímpicas e paralímpicas.

Já os técnicos do Estado poderão conseguir a Bolsa-Técnico I, destinada aos técnicos dos atletas habilitados a pleitearem a Bolsa-Atleta Estudantil, ou Bolsa-Técnico II, para aqueles que treinam atletas habilitados a pleitearem a Bolsa-Atleta Nacional.Técnicos de MS ganham direito a bolsa do governo com nova lei

Os valores das bolsas serão fixados em regulamento para cada categoria de atleta e técnico, e serão repassados em doze parcelas mensais.

A lei estabeleceu como critérios para concessão das Bolsas-Técnico a exigência do registro no Cref (Conselho Regional de Educação Física) e o mínimo de três anos de atividade profissional comprovada na função de técnico desportivo.

A reformulação foi proposta pelo próprio governo estadual, e aprovada em duas discussões na Assembleia Legislativa. Para conferir as regras da concessão das bolsas, você pode acessar o Diário Oficial do Estado, a partir da primeira página.

(com supervisão de Evelin Cáceres)

Jornal Midiamax