Esportes

Grêmio desafia Real Madrid em busca do bicampeonato mundial

Grêmio pode conquistar o mundo neste sábado

Wendy Tonhati Publicado em 16/12/2017, às 12h51

None

Grêmio pode conquistar o mundo neste sábado

O Grêmio pode conquistar o mundo neste sábado. Para isso, precisa vencer nada mais, nada menos do que o Real Madrid, do craque português Cristiano Ronaldo, na final do Mundial de Clubes. A partida ocorre às 15 horas (de Brasília), no estádio Zayed Soccer City, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.

Este enfrentamento não será o primeiro entre Grêmio e Real Madrid. Os dois clubes já duelaram uma vez. Em 1961, realizaram um amistoso na França. A partida terminou com a vitória merengue por 4 a 1. Os gols espanhois foram marcados pela lenda húngara Puskás, duas vezes, Del Sol e Mateos. O tento gremista foi de João Cardoso.

Contudo, o desempenho do Real Madrid diante dos brasileiros é apenas mediano. Em 39 partidas, o time espanhol venceu 16, empatou 10 e perdeu 13 confrontos. O último duelo foi justamente numa partida de Mundial, em 2000. Os merengues encararam o Corinthians e empataram por 2 a 2, no Morumbi, em São Paulo.

Grêmio desafia Real Madrid em busca do bicampeonato mundial

O técnico Renato Gaúcho deve repetir a escalação do time que entrou em campo contra o Pachuca-MEX na semifinal do Mundial. Contudo, não está descartada uma mudança na equipe. Com o baixo rendimento de Lucas Barrios, Jael pode ser o titular contra os espanhóis.

Em coletiva após o treino, o técnico não revelou a possível formação. “A gente tem um grupo. Independente de quem for jogar, o mais importante é que todos estão preparados. Somente 11 começam e qualquer um deles pode começar jogando amanhã”, disse.

Sobre a postura de sua equipe, Renato foi enfático. “O Grêmio tem a sua maneira de jogar e não mudou durante todo o ano. Nós respeitamos todos o adversários. O próximo é o Real Madrid, mas o Grêmio tem a sua maneira de jogar e numa hora dessas tem muito pouco tempo para mudar”, finalizou.

O Real Madrid vai completo para o duelo diante do Tricolor. Todos os jogadores estão livres de problemas físicos e ficam à disposição do técnico Zinedine Zidane. O zagueiro Sergio Ramos, o lateral-direito Carvajal e o meio Toni Kroos, poupados da semifinal, voltam ao time. Autor do segundo gol diante do Al Jazira, Gareth Bale segue no banco.

Zidane discordou de Renato sobre o Real Madrid ser o favorito. “Eu não concordo, porque é uma final. Em uma final é sempre 50% a 50%. Creio que é merecido o Grêmio estar na final. Mas uma final é apenas uma partida e nesse tipo de jogo não há favoritismo”, afirmou.

Contudo, o francês ressaltou que o time espanhol quer o título, que seria o terceiro nos últimos quatro anos, já que o Real venceu o Mundial em 2014 e 2016. “Estamos aqui para defender o nosso título e vamos ter que jogar uma boa partida”, observou.

Jornal Midiamax