Esportes

Corinthians segue ‘anormal’, vence o Bahia e se mantém firme na ponta

3 a 0

Diego Alves Publicado em 22/06/2017, às 23h28

None

3 a 0

Após a sétima rodada do Brasileirão, o técnico Fábio Carille disse que o então aproveitamento do Corinthians de 90,5% no campeonato era “anormal”. Nesta quinta-feira, o Timão deu mais uma mostra de que continua fora do comum: vitória por 3 a 0 sobre o Bahia, na Arena em Itaquera, pela nona rodada. O aproveitamento agora é de ainda impressionantes 85,2%. Corinthians segue 'anormal', vence o Bahia e se mantém firme na ponta

Com o resultado positivo, o Corinthians chegou a 23 pontos e continua na liderança do Brasileirão. O Bahia, por sua vez, estacionou nos dez e caiu para o 14º lugar na tabela. 

A sétima vitória no campeonato foi do jeito que o Timão está acostumado. Após abrir o placar com Jô, aos 24 minutos do primeiro tempo, o Corinthians controlou o jogo como gosta: se fechou, não sofreu perigo e criou boas oportunidades em contra-ataques. 

O Bahia bem que tentou buscar o empate e teve até mais posse de bola. Mas é difícil marcar contra o time fechado de Carille. Até agora no Brasileirão, por exemplo, o Corinthians foi vazado apenas cinco vezes. 

Bem posicionado na defesa, como tem sido costume nesta temporada, o Corinthians praticamente não foi assustado. Por outro lado, cansava de levar perigo, mas desperdiçava as chances. 

O cenário parecia que ia mudar a partir dos 11 minutos do segundo tempo, quando Gabriel foi expulso. No entanto, aos 15 foi a vez de Renê Júnior receber o cartão vermelho e deixar os dois times com dez jogadores. Ambos os lances foram bastante discutíveis. 

O jogo caiu de intensidade depois das expulsões, mas o Timão mostrou uma outra arma além do contra-ataque: a bola parada. Após cobrança de escanteio e desvio de Romero, Balbuena apareceu para ampliar. 

O segundo gol e a entrada de Kazim animaram o Corinthians. O atacante levou perigo em dois lances, mas quem marcou foi Marquinhos Gabriel: praticamente no último lance do jogo, o meia roubou a bola na entrada da área e encobriu o goleiro Jean para definir o placar. 

Com o desempenho ainda “anormal”, o Corinthians chegou ao seu 22º jogo invicto e se mantém firme na liderança do Brasileirão. 

FICHA TÉCNICA 
CORINTHIANS 3 X 0 BAHIA 
Local: Arena Corinthians, São Paulo (SP) 
Data-Hora: 22/6/2017 – 19h30 
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa-PA) 
Auxiliares: Helcio Araujo Neves (PA) e Jose Ricardo Guimaraes Coimbra (PA) 
Público/renda: 34.250 pagantes/R$ 1.504.387,20. 
Cartões amarelos: Romero e Balbuena (COR), Rodrigo Becão e Allione (BAH) 
Cartões vermelhos: Gabriel (COR), aos 11’/2ºT (Após o 2º Amarelo) e Renê Junior (BAH), aos 15’/2ºT (Após o 2º Amarelo) 
Gols: Jô (24’/1ºT) (1-0), Balbuena (34’/2ºT) (2-0), Marquinhos Gabriel (47’/2ºT) (3-0) 

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson (Marquinhos Gabriel, 22’/2ºT), Rodriguinho (Camacho, aos 30’/2ºT) e Romero; Jô (Kazim, aos 36’/2ºT). Técnico: Fábio Carille. 

BAHIA: Jean; Eduardo, Tiago, Rodrigo Becão e Matheus Reis; Feijão, Renê Júnior, Vinicius (Régis, aos 27’/2ºT) e Allione (Gustavo, aos 19’/2ºT); Zé Rafael e Edigar Junio (João Paulo, aos 32’/2ºT). Técnico: Jorginho.

Jornal Midiamax