Esportes

Vasco vence “decisão” com Atlético-GO e retoma ponta isolada

 Atlético segue com 48 pontos, na segunda colocação

Clayton Neves Publicado em 24/09/2016, às 21h43

None
vascoatleticorudytrindadeframephotogp2.jpg

 Atlético segue com 48 pontos, na segunda colocação

O Vasco recuperou a liderança isolada do Campeonato Brasileiro Série B ao derrotar o Atlético-GO por 2 a 0, em partida disputada na tarde deste sábado, em São Januário. Os dois times estavam empatados na ponta e a vitória fez a equipe cruz-maltina se isolar na primeira posição com 51 pontos ganhos. O Atlético segue com 48 pontos, na segunda colocação. Éderson marcou os dois gols da equipe carioca.

Na presença de Tite, técnico da Seleção Brasileira, Vasco e Atlético-GO travaram um duelo equilibrado com muitas jogadas de perigo nas duas áreas. Os goleiros Martín Silva e Kléver apareceram muito bem, mas o time dirigido por Jorginho soube aproveitar melhor as oportunidades que apareceram durante o jogo e conseguiu a importante vitória.

Na próxima rodada, o Vasco visita o Náutico, na Arena Pernambuco. Já o o Atlético-GO recebe o Joinville, no Estádio Olímpico.

O jogo – A partida começou em ritmo veloz com as duas equipes buscando jogadas em velocidade. E o Vasco chegou pela primeira vez, aos cinco minutos, em virada de Andrezinho que foi defendida, sem problemas, para o goleiro Kléver.

Aos sete minutos, o Vasco marcou o primeiro gol. O lateral Alan Cardoso fez grande lançamento para Éderson que se antecipou ao goleiro Kléver e tocou por cima, para colocar a bola nas redes.

Dois minutos depois, a equipe carioca criou uma grande oportunidade para ampliar. Alan Cardoso foi lançado pela esquerda e cruzou para a penetração de Éderson, mas o atacante bateu por cima, desperdiçando a chance.

O time dirigido por Jorginho dominava as ações e conseguia bloquear as investidas da equipe goiana. O Atlético tocava bem a bola no meio-campo, mas encontrava muitas dificuldades para superar a marcação carioca.

Só aos 21 minutos é que a equipe de Goiás chegou na área em cobrança de falta batida por Michel e que o goleiro Martín Silva defendeu com facilidade.

Aos 24 minutos, os jogadores do Vasco reclamaram da arbitragem por causa da marcação de um impedimento de Yago Pikachu quando o lateral recebeu livre na área. Os cruz-maltinos alegaram que a bola foi recuada por um defensor goiano.

O Vasco passou a marcar a saída de bola do Atlético e, aos 28 minutos, criou mais uma boa chance. Após cruzamento na área, Douglas cabeceou colocado, mas a bola saiu, com muito perigo.

Aos 34 minutos, o Atlético assustou. Jorginho recebeu pela direita e cruzou para Gilsinho bater por cima do travessão. A resposta da equipe carioca veio em lançamento de Nenê para Éderson, mas o goleiro Kléver se antecipou e ficou com a bola. Logo depois, Nenê foi lançado pela esquerda, caminhou e mandou por cima, desperdiçando uma boa chance.

No último lance do primeiro tempo, Junior Viçosa cruzou e Gilsinho bateu, de primeira, mas Martín Silva fez grande defesa, evitando o gol do empate.

Os dois times voltaram sem modificações para o segundo tempo e o primeiro momento de perigo foi provocado para equipe visitante. Jorginho investiu pela direita e cruzou para Viçosa, mas Diguinho se antecipou e desviou para escanteio. Na cobrança, Michel cabeceou e colocou nas redes, mas o árbitro invalidou a jogada, marcando falta do zagueiro goiano que subiu nas costas de Luan.

Aos sete minutos, Andrezinho e Nenê tabelaram na entrada da área, mas o goleiro Kléber saiu muito bem e ficou com a bola. Na jogada seguinte, Jorginho deu um grande drible em Douglas e bateu cruzado, mas Martín Salva desviou com os pés. O goleiro do Vasco voltou a salvar sua equipe ao bloquear chute de Marquinho na entrada da pequena área.

O time goiano mostrava agressividade e pressionava em busca do gol do empate, mas o Vasco tentava surpreender o adversário com os lançamentos de Nenê.

Após 15 minutos, logo após entrar em campo, o lateral Madson acertou uma bomba que se chocou com o travessão de Kléver. Logo depois, Nenê fez ótimo lançamento para Éderson que chutou forte e obrigou Kléver a fazer outra boa defesa.

O jogo ficou aberto e, aos 26 minutos, foi a vez de Martín Silva se esforçar para impedir que uma cabeçada de Jorginho tomasse o caminho das redes. O time carioca respondeu com um chute de Caio Monteiro que Kléber defendeu bem.

Aos 32 minutos, o Vasco marcou o segundo gol. Andrezinho levantou na área e Éderson cabeceou sem chances para o goleiro goiano.

Depois de sofrer o segundo gol, o Atlético desanimou e o Vasco criou várias chances para anotar o terceiro gol, mas o goleiro Kléver apareceu muito bem para frustrar os atacantes da equipe carioca. No último lance do jogo, Madson foi lançado livre na área e desperdiçou a chance, batendo para fora.

Jornal Midiamax