Esportes

Palmeiras vê estreante brilhar, vence Libertad e vai à final do Torneio de Verão

Um jogo morno, sem grandes oportunidades 

Diego Alves Publicado em 21/01/2016, às 00h28

None
bbouhs7.jpg

Um jogo morno, sem grandes oportunidades 

Um jogo morno, sem grandes oportunidades de gol e com pouco torcida brasileira. Um verdadeiro duelo de pré-temporada. No estádio Centenário, o Palmeiras venceu o Libertad por 2 a 0 – gol de Allione e do estreante Moisés – e está na final do Torneio de Verão, competição amistosa disputada no Uruguai.

Novidades e velhos conhecidos

A partida serviu para Marcelo Oliveira fazer alguns testes e ver as condições físicas dos jogadores já conhecidos. O time alviverde entrou em campo com apenas um reforço entre os titulares: o zagueiro Edu Dracena, que ficou com a vaga de Jackson. De resto, todos os outros 10 jogadores já estavam no elenco da temporada passada: Fernando Prass; Lucas, Edu Dracena; Leandro Almeida e Zé Roberto; Arouca, Matheus Sales e Robinho; Dudu, Gabriel Jesus e Alecsandro.

Já no segundo tempo, o treinador promoveu a estreia de Erik, que entrou no lugar de Gabriel Jesus após o camisa 33 sentir dores em campo. Outros a entrarem em campo foram Allione, Cristaldo, Moisés (outro estreante) e Thiago Santos.

1º tempo morno

O primeiro tempo não teve muitas chances de gol. O Libertad parou em Fernando Prass e teve a melhor chance depois que Edu Dracena errou o domínio e armou contra-ataque no dois contra um. Porém, Salcedo errou na sequência.

Já o Palmeiras teve uma boa chance com o mesmo Dracena. Aos 16 minutos, o estreante cabeceou para defesa do goleiro Rodrigo Muñoz após cruzamento de Robinho.

2º tempo com gol

A etapa final começou um pouco mais movimentada, mas sem chances claras para nenhum dos dois times.

Outro estreante, o atacante Erik tinha acabado de entrar quando bateu para a defesa do goleiro do time paraguaio aos 19 minutos.

Já aos 34, Dudu puxou contra-ataque e, da entrada da área, chutou, e a bola explodiu no travessão. Foi só um petisco para o primeiro gol palmeirense.

Pouco depois, aos 36, Erik fez jogada pela direita, rolou para o meio e tocou para Allione. O argentino deu de carrinho na bola na saída do goleiro e fez o gol que garantiu o time alviverde na final da competição. Enquanto, nos acréscimos, Moisés fez de cabeça e garantiu a vitória dos brasileiros.

Na sequência

O Palmeiras agora espera o vencedor do duelo entre os uruguaios Peñarol e Nacional, que farão um clássico também no Centenário, às 22h15 desta quarta-feira.. Vencedores e perdedores voltam ao estádio para se enfrentar no sábado, concluindo os compromissos pelo campeonato.

Jornal Midiamax