Esportes

Ferroviária perde e classifica São Paulo; Mogi ajuda o Palmeiras

1 a 0

Diego Alves Publicado em 04/04/2016, às 02h30

None
afe_bota.jpg

1 a 0

Neste domingo, Ferroviária e Botafogo se enfrentaram na Fonte Luminosa, em Araraquara, pela 14ª rodada do Campeonato Paulista. Os visitantes saíram de campo com a importante vitória por 1 a 0, com gol de Serginho no começo da partida, resultado que assegurou a classificação do São Paulo para a segunda fase do Estadual.

Com o resultado, a AFE permaneceu na terceira posição do Grupo C, com 16 pontos, atrás de Audax e São Paulo. A Locomotiva precisa vencer o Linense, fora de casa, no próximo domingo, para escapar do rebaixamento para a Série A2 do Estadual.

O Botafogo chegou aos 16 pontos, se mantendo na quarta colocação do Grupo A, à frente apenas do rebaixado Oeste. O Pantera também precisa de uma vitória no próximo domingo, diante do Capivariano, para permanecer na primeira divisão do futebol paulista.

O jogo – Os dois times começaram a partida errando muitos passes, o que dificultava a criação das jogadas. Em um desses erros, o Botafogo abriu o placar. Aos dez minutos, a Ferroviária se complicou na saída de bola, Serginho recuperou, avançou e acertou um chute no ângulo de Rodolfo, colocando o Pantera na frente.

Em desvantagem no placar, a Ferroviária partiu para cima do Botafogo, mas esbarrou nos constantes erros de passe. Na marca de 28 minutos, os donos da casa tiveram a melhor chance para empatar, em lance de bola parada. Após cobrança de escanteio, Rafael Miranda cabeceou no canto esquerdo Neneca, que fez grande defesa. Aos 32, o Pantera respondeu, em cobrança de falta de Mirita que desviou na barreira e tirou tinta da trave de Rodolfo.

A Ferroviária voltou para a etapa final disposta a empatar logo o jogo e levou perigo em duas finalizações nos dois minutos iniciais, ambas com Samuel. Na primeira, o atacante chutou nas mãos de Neneca e, na segunda, cabeceou perigosamente, antecipando o goleiro adversário, após cruzamento de João Paulo. Aos 11 minutos, João Paulo recebeu na área e, de sem pulo, finalizou com estilo, mas mandou por cima do gol.

O Botafogo respondeu na marca de 16 minutos, em contra-ataque veloz. Daniel Borges não dominou passe de Samuel Santos, mas a bola sobrou para Alemão, de frente para o gol. O atacante, no entanto, bateu por cima da meta defendida por Rodolfo. O ataque do Pantera foi um lance isolado. Pouco tempo depois, a AFE chegou de novo. Fernando Gabriel finalizou com perigo e Neneca defendeu. Depois, Rodrigo Thiesen afastou de cabeça uma bola que ia entrando.

A Ferroviária não desistia e criava chances, todavia não conseguia marcar. Aos 34, Fernando Gabriel recebeu no meio, ajeitou e chutou forte. Neneca acompanhou a finalização e viu a bola passar por cima do gol. Mirita teve a oportunidade de matar o jogo para o Botafogo, em cobrança de falta aos 42 minutos, mas Rodolfo defendeu. No final, prevaleceu a efetividade do time de Ribeirão Preto, que colocou a bola na rede.

Com um a menos, Mogi Mirim passa pelo Ituano – O Mogi Mirim se superou para vencer o Ituano, fora de casa. O time teve Bruno Teles expulso, mas mesmo assim fez 1 a 0 com Matheus Ortigoza, aos 34 minutos do segundo tempo. A vitória deixa o Sapo com esperanças de escapar do rebaixamento na última rodada do Estadual. Já o clube de Itu deixa o Palmeiras na liderança do Grupo B e curiosamente cai para lanterna, com 19 pontos

Novorizontino vence Rio Claro e briga pela classificação – O Novorizontino recebeu o Já rebaixado Rio Claro e não decepcionou seus torcedores, vencendo por 2 a 0. Fahel e Michel  marcaram os gols do time de Novo Horizonte, que subiu para segunda colocação do Grupo B e está na briga por uma vaga na próxima fase do Campeonato Paulista.

Jornal Midiamax