Esportes

Cruzeiro vence lanterna e garante 1ª posição do Mineiro

2 a 0

Diego Alves Publicado em 03/04/2016, às 22h33

None
cruzeirojulianaflistaragenciai7gp.jpg

2 a 0

O Cruzeiro recebeu o Guarani, no Mineirão, e fez a lição de casa. Diante do último colocado do Campeonato Mineiro, a Raposa não teve dificuldades para vencer por 2 a 0, e garantir a liderança da primeira fase da competição.

O Cruzeiro conseguiu imprimir seu futebol durante toda a partida. Tomando poucos sustos no jogo, o time do técnico Deivid abriu o placar com Alisson, em boa triangulação do meio-campo celeste. O segundo gol saiu dos pés de Sanchez Minõ, em bela cobrança de falta.

Com a vitória, o Cruzeiro chegou a 26 pontos, e garantiu a liderança do Campeonato Mineiro, mesmo restando uma partida para o final da primeira fase. Já o Guarani, continuou com 9 pontos e segura a lanterna da competição. Na próxima rodada, o time enfrenta o Villa Nova, dentro de seus domínios, e ainda sonha com a permanência na Serie A.

O jogo

Diante do último colocado do Mineiro, o Cruzeiro começou impondo seu jogo. Com a proposta de se fechar e apostar no contra-ataque, os visitantes pouco conseguiam produzir. Aos 11 minutos, a Raposa quase abriu o marcador. Em cobrança de falta, o uruguaio De Arrascaeta mandou uma bomba, que explodiu na trave esquerda do goleiro Jordan.

Com o meio-campo composto por Elber, Alisson e De Arrascaeta, o Cruzeiro trabalhava bem a bola no campo ofensivo. Aos 18 minutos da primeira etapa, a posse de bola pesou a favor do time da casa. Elber tabelou com De Arrascaeta e mandou rasteiro para Alisson, que veio de trás e finalizou de perna direita para deixar o Cruzeiro na frente do placar.

Após o gol, o time do Cruzeiro manteve a intensidade, e depois do jogo ser paralisado para reidratação, voltou a balançar as redes. O argentino Sánchez Miño cobrou falta de perna esquerda e acertou o ângulo, anotando um belo gol no Mineirão. Com a vantagem no placar, a Raposa teve tranquilidade para ficar com a bola nos pés. Antes do fim do primeiro tempo, o clube celeste ainda teve boa chance para ampliar. Após finalização de Rafael Silva, o goleiro Jordan espalmou, e no rebote, De Arrascaeta mandou pela linha de fundo.

O Cruzeiro voltou do intervalo com um futebol mais reservado, enquanto o Guarani tentava imprimir um futebol mais ofensivo. Aos 20 minutos, Júnior Barros avançou e arriscou de fora da área, levando muito perigo ao gol defendido por Fábio, que pouco trabalhou na partida. A insistência do Guarani persistia. Em jogada aérea, Anderson Jesus se esticou, mas não chegou na bola, mesmo com o gol livre.

Quando apertou, o Cruzeiro chegou com perigo. Pisano, que entrou no segundo tempo, fez boa jogada e rolou para Elber, que, em grande partida, chutou na trave. E a trave estava do lado do Guarani. Alisson, autor do primeiro gol, foi à linha de fundo e cruzou, a bola desviou e quase surpreendeu o goleiro Jordan, mas bateu no travessão. Com o placar favorável, o clube celeste apenas esperou o apito final: 2 a 0.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 2 X 0 GUARANI-MG

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Data: 3 de abril de 2016 (domingo)

Horário: 16h (de Brasília)

Árbitro: Felipe Fernandes Lima

Assistentes: Magno Arantes Lira e Fernanda Nandrea Gomes Antunes

Cartões amarelos: Lula e Carlos Renato (Guarani); Sánchez Miño, Lucas Romero (Cruzeiro)

Gols: Alisson aos 18 minutos do primeiro tempo, Sánchez Miño aos 24 do primeiro tempo

Cruzeiro: Fábio; Mayke, Manoel, Bruno Rodrigo e Sánchez Miño; Lucas Romero, Ariel Cabral (Federico Gino), Elber, Alisson e De Arrascaeta (Pisano); Rafael Silva (Douglas Coutinho)

Técnico: Deivid

Guarani-MG: Jordan; Felipe Cordeiro, Lula, Murilo e Carlos Renato; Renan Silva (Murilo Henrique), Denílson, Romarinho (Genalvo) e Deyvison; Wander e Marcus Vinícius (Júnior Barros)

Técnico: Ricardo Leão

Jornal Midiamax