Esportes

Com um primeiro tempo arrasador, Coritiba atropela o Grêmio

Time fez quatro gols no primeiro tempo 

Clayton Neves Publicado em 08/09/2016, às 02h24

None
57d0c16d70c08.jpeg

Time fez quatro gols no primeiro tempo 

Um atropelo. Essa é a definição do que ocorreu nos primeiros 45 minutos em Curitiba, na noite desta quarta-feira. Com uma atuação impecável, o Coritiba não tomou conhecimento do Grêmio e goleou por 4 a 0, com todos os gols marcados na etapa inicial da partida disputada no Couto Pereira.

O mais curioso é que as primeiras oportunidades mais contundentes foram do Grêmio: aos sete minutos, Edílson cruzou da direita, Henrique Almeida bateu, a bola desviou em Walisson Maia e por pouco não entrou. Já aos 19, após um vacilo do zagueiro Juninho na saída de bola, o meia Douglas bateu por cobertura e quase fez um golaço.

Mas a partir daí só deu Coritiba. Aos 21, Juan cobrou falta da intermediária, Walisson Maia antecipou o goleiro Marcelo Grohe e mandou a bola para o fundo da rede. 1 a 0. 

Aos 30, Raphael Veiga serviu o atacante Leandro, que bateu forte e cruzado para ampliar: 2 a 0 Coritiba. O terceiro veio aos 34, com Raphael Veiga, que se infiltrou na área gremista após receber um bonito passe e bateu com classe na saída de Grohe. 

O pesadelo gremista continuou: aos 38 minutos, em um rápido contra-ataque, Neto Berola bateu de fora da área, de esquerda, e superou Marcelo Grohe: 4 a 0 Coritiba. 

Preocupado com o rendimento defensivo, o técnico Roger Machado colocou o zagueiro argentino Kanemann na vaga de Henrique Almeida no intervalo. Mesmo assim, a zaga gremista falhou e logo no início do segundo tempo Raphael Veiga fez Marcelo Grohe praticar linda defesa. 

O tricolor gaúcho até chegou a marcar aos 13 minutos, mas foi marcado impedimento de Kanemann. Já aos 15, o Coxa deu o recado que o contra-ataque seguiria perigoso: Raphael Veiga chutou cruzado e a bola tirou tinta da trave de Marcelo Grohe. 

E na tentativa derradeira do Grêmio, o atacante Pedro Rocha bateu por cima na saída do goleiro Wilson, mas antes da bola ultrapassar a linha fatal o zagueiro Luccas Claro conseguiu fazer o corte e garantiu o placar de 4 a 0. A goleada comprova a reação do Coritiba desde a chegada de Carpegiani, enquanto aumenta o sinal de alerta no Grêmio, que não vence há quatro jogos no Campeonato Brasileiro. 

Jornal Midiamax