Esportes

Botafogo acha gol de falta no fim e arranca empate com Vasco

Nos minutos finais, o clássico ficou aberto, com as duas equipes em busca do gol

Clayton Neves Publicado em 29/02/2016, às 00h00

None
vascobotafogocarioca28022016gazepressarmandopaivaagif.jpg

Nos minutos finais, o clássico ficou aberto, com as duas equipes em busca do gol

Já classificados para a Taça Guanabara, Vasco e Botafogo empataram por 1 a 1 neste domingo, em São Januário. Com o resultado, os cruzmaltinos seguem na ponta do Grupo A. Os alvinegros, na ponta do Grupo B, perderam os 100% de aproveitamento.

Após um primeiro tempo com poucas oportunidades e com o jogo concentrado entre as intermediárias, o Vasco chegou ao gol após falha de Diogo Barbosa. O lateral esquerdo deixou a bola passar e, após lançamento de Éder Luis, o atacante Riascos só teve o trabalho de empurrar para as redes. O empate alvinegro veio no fim, em falta cobrada por Emerson.

Na última rodada as duas equipes só cumprem tabela. O Vasco enfrentará o Bonsucesso, enquanto o Botafogo terá pela frente o Boavista.

O Jogo – Com o mando de campo, o Vasco começou o clássico tendo o domínio da posse de bola. A primeira boa chance de gol veio aos oito minutos. Madson chegou na linha de fundo e cruzou rasteiro para Nenê. O meia dominou na área, mas foi travado no momento da finalização.

O Botafogo buscava surpreender nos contra-ataques, mas sem sucesso. O Vasco voltou a assustar aos 15 minutos. Riascos fez grande jogada pela direita e cruzou para Jorge Henrique. Só que a bola veio alta e impediu o bom cabeceio do atacante.

Os alvinegros criaram sua primeira chance somente aos 20 minutos. Rodrigo recuou mal a bola, Ribamar se aproveitou, mas finalizou em cima do goleiro Martín Silva.

Depois disso, o clássico ficou equilibrado, com as duas equipes mais preocupadas em não dar espaços ao adversário. O Vasco tinha mais posse de bola, mas via o Botafogo marcar muito bem e tentar aproveitar os erros de passe dos cruzmaltinos. Um lance de perigo aconteceu somente aos 36 minutos. Riascos recebeu no bico da área, passou por um marcador e chutou com efeito. A bola passou raspando a trave de Jefferson.

Nos minutos finais, o jogo voltou a ficar mais movimentado. O Botafogo chegou com perigo aos 41 minutos. Após cruzamento, Bruno Silva cabeceou sozinho, mas para fora. O Vasco nada mais fez e, com isso, o clássico foi para o intervalo com o placar inalterado em São Januário.

O Botafogo voltou melhor para o segundo tempo e criou ótima chance logo aos três minutos. Neilton foi lançado, passou pelo marcador e chutou cruzado. O goleiro Martín Silva se esticou para fazer a defesa e salvar os cruzmaltinos.

Após o lance inicial, o confronto ficou equilibrado, com as duas equipes mais preocupadas com a marcação. Somente aos 15 minutos, após uma falha individual, o vasco conseguiu abrir o placar. Luan lançou Éder Luís, que viu Diogo Barbosa deixar a bola passar. O atacante chegou na linha de fundo e cruzou rasteiro para Riascos só tocar para a rede.

Com o revés, o Botafogo foi obrigado a ir para cima em busca do empate. O Vasco recuou e passou a buscar os contra-ataques. No entanto, o que viu foi uma sucessão de passes errados pelos duas times.

O Vasco aproveitou o nervosismo dos alvinegros para não sofrer pressão e chegar com perigo ao ataque. Aos 37 minutos, Nenê cobrou falta e obrigou Jefferson a se esticar para fazer a defesa. Dois minutos depois, novamente Nenê finalizou e desta vez acertou a trave.

Quando parecia que os cruzmaltinos sairiam de campo coma vitória, o Botafogo chegou ao empate aos 41 minutos. Emerson cobrou falta com força e acertou o ângulo de Martín Silva.

Nos minutos finais, o clássico ficou aberto, com as duas equipes em busca do gol. No entanto, nenhuma equipe teve competência para fazer o gol da vitória e tiveram que sair de campo com o empate.

Jornal Midiamax