Esportes

Reviravolta faz Palmeiras pagar R$ 2,5 milhões e contratar Robinho

Os paulistas toparam pagar R$ 2,5 milhões pelo jogador.

Clayton Neves Publicado em 12/01/2015, às 20h21

None
14ago2013-robinho-tenta-jogada-para-o-coritiba-durante-empate-contra-a-portuguesa-no-couto-pereira-1376531863024_615x300.jpg

Os paulistas toparam pagar R$ 2,5 milhões pelo jogador.

O Palmeiras conseguiu a contratação do meio-campista Robinho. O Coritiba anunciou em seu Twitter e no seu site oficial que efetivou a negociação em troca do empréstimo de Mazinho, atacante que estava encostado na Academia de Futebol.

Depois de uma reviravolta, os paulistas toparam pagar R$ 2,5 milhões por 50% dos direitos econômicos que pertenciam ao Coritiba. A outra metade segue com os investidores. O contrato assinado será de quatro anos. 

A negociação chegou a ser cancelada na quinta-feira à noite. O Coritiba ficou irritado com a insistência por parte de empresários na saída de Robinho. O presidente da equipe, Rogério Bacellar, deu entrevistas afirmando que o meio-campista era inegociável por causa da falta de resposição.

Na sexta-feira, em uma nova reunião, os empresários responsáveis pela carreira do atleta conseguiram convencer o Coritiba a recuar. Os dirigentes curitibanos, no entanto, avisaram que o negócio só sairia caso o valor de R$ 2,5 milhões fosse atingido.

O Palmeiras, então, enviou a proposta por meio de um fax, sem a presença de um representante no Paraná, aumentando a proposta de R$ 2,1 milhões para R$ 2,5 milhões, com a diferença parcelada. O Coritiba, então, topou o negócio depois de ouvir do próprio jogador que ele gostaria de sair. 

Os salários de Mazinho serão pagos pelos palmeirenses. A negociação inicial também colocaria Vinícius e Patrick Vieira na equipe paranaense, mas, no fim da novela, os nomes não foram envolvidos. Por contrato, o Coritiba ainda poderá escolher mais dois atletas de uma lista colocada à disposição pelos paulistas. 

“O Robinho era um jogador tecnicamente importante para o elenco. Mas diante da vontade do jogador, que pesa muito nesses casos, e principalmente da boa oportunidade de negócio para o Coritiba, fizemos uma proposta que foi aceita pelo Palmeiras”, destacou o presidente do Coxa, Rogério Bacellar, na nota. 

“Sou muito feliz pelo tempo que passei aqui e há muita gente para agradecer. Pessoas da diretoria, vários jogadores, o pessoal do clube, mas principalmente a torcida. Parece manjando falar, mas respeito muito a torcida do Coritiba devo muito aos torcedores. Eles podem ter certeza que vou levar este respeito comigo. Saí porque pensei em minha carreira e na minha família”, completou o Robinho. 

O meia chega como mais um dos reforços para aumentar a lista de nomes que já chegaram para 2015. Os outros são os laterais Lucas e João Paulo, o zagueiro Vitor Hugo, os volantes Amaral, Andrei Girotto e Gabriel, o meia Zé Roberto e os atacantes Dudu, Leandro Pereira e Rafael Marques.

Robinho deixa o Coritiba após disputar 126 jogos, sendo 114 como titular e 12 como reserva desde o dia 24 de maio de 2012, sua data de chegada. Com 18 gols, Robinho fez parte do elenco Campeão Paranaense de 2013.

Jornal Midiamax