Pratto tritura São Paulo, e Atlético-MG segue firme na ponta

O resultado mantém o Atlético-MG na liderança 
| 30/07/2015
- 06:08
Pratto tritura São Paulo, e Atlético-MG segue firme na ponta

O resultado mantém o -MG na liderança 

 

Eficiência. Esta foi a diferença entre Atlético-MG e São Paulo na noite desta quarta-feira. As duas equipes criaram diversas chances de gol, mas o lado alvinegro que soube aproveitar. Ou melhor, Lucas Pratto soube aproveitar. Isto porque o atacante argentino marcou três vezes e comandou a vitória por 3 a 1 no Mineirão. Alexandre Pato, que descontou, perdeu pelo menos duas oportunidades óbvias no primeiro tempo que fizeram falta para sua equipe.

O resultado mantém o Atlético-MG na liderança do Campeonato Brasileiro . São 35 pontos, dois a mais que o Corinthians , que derrotou o Vasco também nesta noite. Para o São Paulo , o resultado ruim fora de casa significa a manutenção dos 27 pontos e o risco de ser ultrapassado na quinta colocação.

O time tricolor só volta a campo no dia 9 de agosto, em clássico contra o Corinthians no Morumbi, que acontece às 16h. Já o Atlético-MG vai visitar o Goiás no Serra Dourada em partida que está marcada para o mesmo horário.

A partida começou bastante movimentada, com o São Paulo criando chances claras e desperdiçando todas. Alexandre Pato (duas vezes) e Luís Fabiano erram oportunidades óbvias. Do outro lado, Lucas Pratto mostrou que não é de vacilar. Aos 18min, o centroavante apareceu no meio da defesa e completou para a excelente defesa de Rogério Ceni. A bola, entretanto, voltou para o próprio atacante, que devolveu para o gol.

Pratto seguiu mostrando seu faro de gol pouco depois, quando ignorou a marcação de Lucão e desviou para o fundo das redes são-paulinas. Enquanto o argentino era pura eficiência, os são-paulinos esbanjavam falta de mira. No mesmo lance, Ganso acertou a trave de Victor e Pato chutou para fora. A vingança veio novamente com o atacante atleticano, que, depois de falha de Hudson, avançou em posição irregular e tocou sem chances para Ceni.

O jogo seguiu ritmo parecido depois do intervalo. Luís Fabiano teve grande chance de descontar em cobrança de falta, mas Victor defendeu a cabeça. Pouco depois, aos 13min, não teve jeito: Pato recebeu bola de Ganso e testou para o fundo das redes. O São Paulo teve que mudar seu modo de jogar, com as entradas de Centurión e Auro, substituindo respectivamente Hudson e Reinaldo. A equipe visitante deixou o jogo equilibrado, mas não conseguiu buscar o empate.

Atlético-MG 1 x 0 São Paulo – 18min do primeiro tempo

Marcos Rocha cruzou da intermediária, Pratto apareceu entre a defesa, se esticou todo e tocou de pé direito. Rogério salvou, mas a bola voltou para o argentino. Mesmo caído ele tocou de cabeça e marcou.

 

Atlético-MG 2 x 0 São Paulo – 25min do primeiro tempo

Contra-ataque do Atlético-MG! Giovanni Augusto cruzou da esquerda, Pratto desviou mesmo de costas para o gol na marcação frouxa de Lucão e achou o cantinho esquerdo de Rogério Ceni.

 

Atlético-MG 3 x 0 São Paulo – 43min do primeiro tempo

O São Paulo saiu jogando errado com Hudson, Giovanni Augusto antecipou e lançou Pratto de cavadinha. O argentino dominou de peito e bateu sem deixar cair, no cantinho direito de Rogério.

 

Atlético-MG 3 x 1 São Paulo – 13min do segundo tempo

Ganso cruzou no segundo pau, Alexandre Pato subiu mais que Marcos Rocha e testou no canto de Victor.

Veja também

Últimas notícias