Esportes

Ponte Preta supera Goiás e volta a vencer como visitante

A Ponte Preta encerrou nesta quarta-feira um jejum

Diego Alves Publicado em 17/09/2015, às 02h15

None
divididagoiasxpontecarloscostafutura.jpg

A Ponte Preta encerrou nesta quarta-feira um jejum

A Ponte Preta encerrou nesta quarta-feira um jejum de nove partidas sem vencer como visitante no Campeonato Brasileiro . No Estádio Serra Dourada, o clube de Campinas derrotou o Goiás por 2 a 1 e ampliou a distância para a zona do rebaixamento. Com este triunfo, a Macaca também volta a vencer o Esmeraldino em seus domínios após um tabu de 17 anos.

A partida entre as equipes teve baixa qualidade técnica e não contou com grandes chances de gol. A Macaca, que parecia satisfeita já com um empate, jogou por uma bola no segundo tempo e conquistou os três pontos graças ao carrinho certeiro de Alexandro. O atacante, que havia deixado a Ponte no começo do ano, voltou para o time há cinco dias e anotou seu primeiro gol nesta segunda passagem pelo clube.

A vitória levou a Ponte Preta aos 34 pontos e ampliou a distância da equipe para a zona do rebaixamento. No fim de semana, o clube enfrentará o Fluminense , em Campinas. Já o Goiás segue correndo sérios riscos. Com 28 pontos, a equipe aguarda o complemento da rodada para saber se ingressará novamente na degola.

O Jogo – A Ponte Preta não demorou muito para tomar a iniciativa na partida. Aos cinco minutos, o time fez uma boa triangulação no meio-campo até Felipe Azevedo tocar para Biro Biro, dentro da área, empurrar para as redes. O Goiás respondeu cinco minutos depois, em chute de fora da área defendido pelo goleiro Marcelo Lomba.

A finalização poderia ter empolgado o time esmeraldino a buscar o empate, mas o que se viu foi um duelo morno e sem grandes chances de gol. Foi só aos 26 minutos, em uma cobrança de falta da entrada da área, que o zagueiro Fred deixou tudo igual com um chute no ângulo do estático Marcelo Lomba.

A Ponte Preta demonstrou que sentiu o golpe e possibilitou o crescimento do Goiás . Aos dois minutos do segundo tempo, Zé Love recebeu dentro da área e tentou uma bicicleta. A bola subiu muito e não levou perigo à meta da equipe de Campinas. Já no lance seguinte, o goleiro ponte-pretano saiu de soco e impediu que um passe pelo alto de Erik encontrasse um esmeraldino na pequena área.

Aos 22 minutos, a Macaca conseguiu balançar as redes, mas o assistente flagrou Cristian em posição irregular e invalidou o lance. Foram preciso mais 13 minutos de monotonia até que a Ponte Preta encontrasse espaço para vencer a defesa adversária. Aos 35 minutos, Biro Biro acertou bom passe para Cristian que, dentro da área, tocou rasteiro para Alexandro desempatar com um carrinho certeiro.

Goiás 1 x 2 Ponte Preta

Local: Estádio Serra Dourada, Goiânia (GO)

Data: 16 de setembro, quarta-feira

Horário: 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)

Assistentes: Pablo Almeida da Costa (MG) e Helcio Araujo Neves (PA)

Público: 2.855 presentes

Renda: R$ 47.525,00

Cartões amarelos: Patrick, Diogo Barbosa (Goiás); Ferron, Rodinei, Josimar, Renato Chaves, Gilson (Ponte Preta)

Gols:

Goiás: Fred, aos 26 minutos do primeiro tempo

Ponte Preta : Biro Biro, aos cinco minutos do primeiro tempo, e Alexandro, aos 35 minutos do segundo tempo

Goiás: Paulo Henrique; Gimenez, Felipe Macedo, Fred e Diogo Barbosa; Rodrigo, Patrick (Liniker), David (Juliano) e Bruno Henrique; Erik (Murilo Henrique) e Zé Love. Técnico: Julinho Camargo

Ponte Preta: Marcelo Lomba; Rodinei, Renato Chaves, Ferron e Gilson; Josimar (Elton), Fernando Bob e Bady (Cristian); Biro Biro, Felipe Azevedo e Borges (Alexandro). Técnico: Doriva

Jornal Midiamax