Esportes

Parlamento Europeu pede saída imediata de Blatter da Fifa

O suíço pretende permanecer no cargo até a escolha de um sucessor

Gerciane Alves Publicado em 11/06/2015, às 12h22

None
blatter-fifa.jpg

O suíço pretende permanecer no cargo até a escolha de um sucessor

O Parlamento Europeu aprovou nesta quinta-feira uma resolução que pede a saída imediata de Jospeh Blatter da presidência da Fifa, para permitir as “reformas urgentes necessárias” da entidade, afetada por vários casos de corrupção.

A proposta de resolução, apresentada em conjunto pelas sete bancadas políticas da Assembleia, foi aprovada por ampla maioria dos deputados durante uma sessão plenária em Estrasburgo.

No texto, que não tem valor vinculante, mas que representa um meio de pressão política, os eurodeputados celebram a renúncia de Blatter da presidência da Fifa, assim como as investigações penais em curso.

Ao mesmo tempo, pedem que entidade faça a eleição de um “presidente provisório apropriado para substituir imediatamente Joseph Blatter”. O suíço pretende permanecer no cargo até a escolha de um sucessor.

Blatter, 79 anos, foi reeleito no fim de maio para um quinto mandato, apesar do escândalo de corrupção que explodiu alguns dias antes da votação.

No entanto, quatro dias depois da eleição, o suíço anunciou a renúncia.

De acordo com o calendário da Fifa, a eleição do sucesso de Blatter deve acontecer apenas entre dezembro de 2015 e março de 2016.

Jornal Midiamax