Esportes

Mendoza se destaca e Corinthians cumpre seu papel em Lins: 2 a 0

Colombiano faz seu primeiro gol pelo Corinthians e ajuda a equipe em vitória

Midiamax Publicado em 26/02/2015, às 00h48

None
campeonato_paulista-linense_x_corinthians_lanima20150225_0223_56.jpg

Colombiano faz seu primeiro gol pelo Corinthians e ajuda a equipe em vitória

O Corinthians cumpriu seu papel contra o Linense, na noite desta quarta-feira, em Lins. Mesmo sem aquela pegada demonstrada nos jogos da Libertadores, a equipe de Tite não teve trabalho para vencer o Linense por 2 a 0, com gols de Mendoza e Petros. Com o triunfo, o Timão voltou à liderança do Grupo B do Paulistão, com 13 pontos – dois a mais do que a Ponte Preta e um jogo a menos.

Mendoza, aliás, foi o principal destaque alvinegro. E não apenas pelo fato de o colombiano ter balançado a rede pela primeira vez com a camisa alvinegra, mas por ter jogado bem – e com vontade -, durante os 90 minutos. Foi o melhor corintiano em campo, sem dúvida.
O triunfo do Corinthians em Lins foi tranquilo. Na primeira etapa, fez para o gasto. Sem querer correr riscos, a equipe tocou a bola até achar espaço para abrir o placar. E o fez logo aos 13 minutos, quando Gilsinho tentou atravessar uma bola e a mesma caiu nos pés de Mendoza.
O colombiano avançou, com a velocidade de sempre, entortou o zagueiro Adalberto e fez seu primeiro gol com a camisa alvinegro. Um bonito gol em Lins, para delírio da maioria corintiana nas arquibancadas.

Após o gol, aquele “fazer para o gasto” ficou ainda mais evidente. O Timão saia na boa, na maioria das vezes em contra-ataques puxados por Vagner Love. O atacante teve boa chance para ampliar, mas pegou mal na bola. Assim como o atacante Diego, do Linense, que ficou cara a cara com Cássio, que fez belíssima defesa e segurou a vantagem no placar.
Na segunda atapa, com Edu Dracena na vaga de Felipe (que havia levado uma pancada na cabeça), o Timão demonstrou um pouco mais de vontade. A tímida busca pelo segundo gol, que garantia os três pontos em Lins, foi recompensada aos 19 minutos. Vagner Love chutou errado, mas o goleiro Anderson deu rebote, para alegria de Petros, que só empurrou.

Jornal Midiamax