Esportes

Jamaica faz jogo duro, mas é derrotada pelo Uruguai na Copa América

O Uruguai não demonstrou todo o seu favoritismo

Diego Alves Publicado em 14/06/2015, às 01h19

None
bbl6jk9.jpg

O Uruguai não demonstrou todo o seu favoritismo

O Uruguai não demonstrou todo o seu favoritismo em campo, teve dificuldade, mas conseguiu vencer a aguerrida Jamaica, por 1 a 0, em jogo válido pelo grupo B da Copa América.

Quem esperava uma partida com total domínio do favorito Uruguai surpreendeu-se. A Jamaica, empurrada pelo apoio dos chilenos nas arquibancadas, mostrou boa organização e conseguiu jogar de igual para igual. Em alguns momentos, chegou a ser superior.

Em um primeiro tempo bem disputado, o Uruguai não teve criatividade para construir jogadas de perigo no ataque. Apenas aos 37 minutos conseguiu assustar. Cristian Rodríguez chutou de fora da área e o goleiro Kerr pulou para defender no canto. Na resposta da Jamaica, apenas um minuto depois, Mattocks recebeu lançamento dentro da área e ficou em belas condições para finalizar, mas pegou mal na bola e desperdiçou uma grande oportunidade.

Bola parada dá a vitória

O Uruguai voltou para a segunda etapa mais eficaz e disposto a correr atrás da vitória. Logo aos sete minutos, Lodeiro cruzou para a área, Gimenez escorou de cabeça e Cristian Rodríguez apareceu livre para finalizar e abrir o placar.

Daí em diante, os jamaicanos apertaram a marcação e tentaram chegar ao ataque na base da vontade, mas faltou a tal qualidade com a bola nos pés. Os uruguaios, mesmo sem jogar bem, conseguiram segurar o resultado e levar os três pontos.

Jornal Midiamax