Esportes

Garoto que discutiu com Neymar diz: “não foi profissional”

Neymar discutiu com um torcedor do Manchester City na saída do gramado na última terça-feira

Clayton Neves Publicado em 26/02/2015, às 19h15

None
torcedorcityneymarrep.jpg

Neymar discutiu com um torcedor do Manchester City na saída do gramado na última terça-feira

Neymar discutiu com um torcedor do Manchester City na saída do gramado na última terça-feira. O conflito chamou a atenção da imprensa mundial, que logo deu voz ao garoto de 19 anos que fazia gestos de mergulho ao craque da Seleção Brasileira e do Barcelona. Segundo o fã Aziz Hammad, o camisa 11 do time catalão teve uma postura pouco profissional no fim da partida que terminou com vitória por 2 a 1 do Barcelona.

“Não fiz nada de errado. Apenas fiz o que todos os outros torcedores estavam fazendo. Eu não falo português. Isso começou quando ele foi substituído, e só fiz o gesto de mergulhar depois do pênalti (perdido por Messi, no último lance da partida). No futebol, ele é conhecido por ser um mergulhador e metade do estádio estava provavelmente fazendo a mesma coisa. E isso é normal. Se você é profissional, você espera ser provocado pela torcida da casa. Isso é futebol. Mas ele focou em mim porque eu estava de pé. Acho que estava irritado por outra coisa e descontou em mim. Ele não foi profissional”, disse o torcedor dos Citizens ao Manchester Evening News.

O estudante da cidade de Manchester afirmou que sua preocupação foi em perder o carnê de ingressos para os jogos do City na temporada, graças à confusão que repercutiu no mundo todo. Ele também lamentou ter sido ofendido por fãs de Neymar e torcedores do Barcelona após o ocorrido. Pelo Twitter, o torcedor recebeu diversas menções contrárias, inclusive racistas pelo fato de ser palestino.

“Ele gesticulou para eu ir até ele, mas saiu com o apito final. Depois, veio até mim e colocou seu rosto perto do meu. Eu não sei se ele iria me empurrar ou o que iria fazer. Ele disse algo para mim em português ou espanhol, mas não pude entender. Eu continuei fazendo o gesto de mergulho para provocá-lo. Então, os stewards me afastaram e ele desceu pelo túnel. Não foi nada sério, mas espero que ele não reaja assim de novo”, completou Aziz.

Jornal Midiamax