Esportes

Coxim desiste da Série B e grupo do Operário terá quatro times

A desistência do Coxim foi confirmada 

Diego Alves Publicado em 07/07/2015, às 23h08

None
gazeta.jpg

A desistência do Coxim foi confirmada 

A Série B do Campeonato Estadual, que começa no fim de agosto, pode ter perdido mais um participante. Integrante do Grupo A, a equipe do Coxim AC já comunicou a decisão de não disputar a competição para a Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS). O motivo será a falta de recursos financeiros, já que a Prefeitura Municipal não poderia ajudar com as despesas para a disputa. A informação é do site Esporte MS.

A desistência do Coxim foi confirmada pelo presidente Antônio Mascarenhas, alegando que a falta de suporte financeiro por parte do poder público foi decisivo para tomar a decisão “Já avisei o presidente [Francisco Cesário] na última terça-feira e o ofício foi encaminhado na quinta. O prefeito não vai nos ajudar em virtude do momento da crise em que vive e também achou muito caro a despesa necessária hoje para as inscrições”, explicou.

O clube já trabalhava com o técnico Carlos Nunes (ex-Urso e Operário-PR) e alguns atletas e uma parceria com empresários paranaenses iria ainda trazer outros jogadores. “Carlos Nunes e empresários paranaenses estavam buscando alguns atletas no interior para formar uma equipe competitiva, mas a parte financeira acabou inviabilizando o projeto”, lamentou o dirigente, que já dispensou os profissionais e diz agora não ter mais interesse em disputar o campeonato.

Segundo Marcos Tavares, coordenador de competições da Federação, o campeonato não deve sofrer alterações e, sem o Coxim, o Grupo A do Estadual será formado apenas por Operário, Aquidauanense, Portuguesa e Campo Grande. A mudança dará ao Galo mais uma semana de treinos antes da estreia, já que o primeiro jogo seria justamente contra o Coxim, no Estádio André Borges. Agora, o Operário joga apenas na segunda rodada, contra a Portuguesa, no Estádio Jacques da Luz.

Jornal Midiamax