Esportes

Coxa perde para o lanterna Joinville e volta para a degola

O Coxa teve a chance de abrir o placar

Diego Alves Publicado em 15/10/2015, às 02h18

None
joinville.jpg

O Coxa teve a chance de abrir o placar

O Coritiba se complicou em sua luta contra a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro ao perder para o Joinville por 3 a 1, na Arena Joinville, voltando a ficar em situação complicada e dando nova vida ao adversário. Com o resultado, o Alviverde estacionou em 33 pontos, voltando para a ZR. Já o JEC segue na lanterna, mas com 27 pontos ganhos.

O Coxa teve a chance de abrir o placar em penalidade cobrada por Kléber e defendida por Agenor. Do outro lado, Marcelinho Paraíba, aos 32 minutos, também teve uma cobrança em seus pés, mas não desperdiçou. Depois do intervalo, Rafael Donato, aos 11 minutos, ampliou de cabeça. Kadu, aos 27 minutos, fez mais um. De pênalti, Henrique Almeida descontou.

Na próxima rodada, o Joinville volta a campo no sábado, diante do Figueirense, novamente na Arena Joinville. Já o Coritiba encara a Ponte Preta, domingo, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

O jogo – Desesperado, o JEC começou a partida pressionando, tentando abrir o placar o mais rápido possível. O primeiro chute mesmo, no entanto, veio apenas aos oito minutos, com Edson Ratinho, que recebeu de Kempes e foi atrapalhado por Walisson Maia, que deu o bote certeiro. Na resposta, Lucio Flávio cobrou escanteio e Alan Santos, de volta ao time alviverde, subiu para testar pela linha de fundo.

Os donos da casa seguiam com maior volume de jogo. Aos 13 minutos, Ricardo Bueno arriscou o chute de fora da área e a bola foi pela linha de fundo, sem grande perigo. Aos 19 minutos, Marcelinho cobrou falta rasteira e a bola raspou o poste. Os times erravam muitos passes, o que atrapalhava o andamento do jogo.

Emoção mesmo somente aos 28 minutos, Kléber invadiu a área e foi derrubado por Edson Ratinho. Pênalti marcado. Na cobrança, o Gladiador parou em Agenor. Na sequência, foi a vez de Kempes entrar na área e ser derrubado. Nova penalidade marcada, agora para o Joinville. Quem bateu foi Marcelinho Paraíba, mas com bola nas redes para abrir o placar, aos 32 minutos. Aos 46 minutos, Carlinhos soltou o pé, de longe, e Agenor fez boa defesa.

Para a segunda etapa, o JEC retornou com Arnaldo no lugar de Edson Ratinho. Aos quatro minutos, Lucio Flavio cobrou escanteio fechado e Agenor deixou a meta para afastar. O capitão coxa-branca ainda arriscou na sequência um chute de fora da área, por cima do gol. Aos 11 minutos, Marcelinho Paraíba cobrou falta, Rafael Donato subiu mais do que a defesa e testou para o fundo das redes para fazer o segundo dos catarinenses.

A partida melhorou no segundo tempo, com muitas opções. Aos 17 minutos, Kléber recebeu cruzamento e, na cara do gol, furou. Na resposta, Marcelinho cobrou falta, Kempes desviou e Vaná fez grande defesa. Aos 27 minutos, troca de passes e a bola sobrou para Kadu estufar as redes e fazer o terceiro do JEC.

O técnico Ney Franco queimou todas as mudanças, mas o placar elástico dificultava qualquer reação do Coxa, que fazia uma partida abaixo da média. Aos 30 minutos, Kléber ajeitou de calcanhar para Henrique Almeida, mas o atacante não entendeu a jogada e passou pela bola. Aos 36, Thiago Galhardo arriscou e carimbou a trave. Aos 39 minutos, Kléber foi derrubado pelo goleiro Agenor e o árbitro mancou pênalti. Henrique Almeida cobrou, Agenor defendeu e a arbitragem mandou voltar. Na nova chance, o atacante marcou e descontou.

JOINVILLE 3 X 1 CORITIBA

Local: Arena Joinville, em Joinville (SC)

Data: 14 de outubro de 2015, quarta-feira

Horário: 21 horas (de Brasília)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (PE)

Assistentes: Alessandro A. Rocha de Matos (Fifa-BA) e Dibert Pedrosa Moises (RJ)

Cartões amarelos : Edson Ratinho, Guti, Arnaldo e Lucas Crispim (Joinville); Walisson Maia (Coritiba)

Gol

JOINVILLE: Marcelinho Paraíba, aos 32 minutos do primeiro tempo; Rafael Donato, aos 11 minutos e Kadu, aos 27 minutos do segundo tempo

CORITIBA: Henrique Almeida, aos 43 minutos do segundo tempo

CORITIBA: Vaná, Leandro Silva, Walisson Maia, Juninho e Carlinhos (Juan); João Paulo (Ruy), Alan Santos, Lucio Flavio e Negueba (Thiago Galhardo); Kléber e Henrique Almeida

Técnico: Ney Franco

JOINVILLE: Agenor; Edson Ratinho (Arnaldo), Rafael Donato, Guti (Domingues) e Diego (Rogério); Anselmo, Kadu, Marcelinho Paraíba e Lucas Crispim; Ricardo Bueno e Kempes (Edigar Junio)

Técnico: PC Gusmão

Jornal Midiamax