Corinthians para no ameaçado Goiás e perde chance de G-4

O Corinthians tinha a chance de entrar no G-4
| 06/07/2015
- 00:19
Corinthians para no ameaçado Goiás e perde chance de G-4

O tinha a chance de entrar no G-4

O Corinthians tinha a chance de entrar no G-4 do Campeonato Brasileiro neste domingo, contra o Goiás , em duelo disputado no Serra Dourada. No entanto, paulistas e goianos empataram por 0 a 0 no confronto válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro , resultado que foi positivo para os anfitriões, que deixaram a zona de rebaixamento.

O clube alvinegro teve o domínio da partida apesar de jogar fora de casa. Contra um adversário inofensivo, a equipe treinada por Tite controlou bem o confronto a partir de trocas de passe, chegando com perigo ao gol de Renan. O goleiro do Goiás estava atento na primeira etapa, não deixando que o time visitante abrisse o placar.

O segundo tempo foi parecido, embora o clube goiano tenha feito bons ajustes nos vestiários. A equipe esmeraldina tomou mais a iniciativa e passou a pressionar, ainda que pouco, a zaga alvinegra. Liniker criou a chance mais perigosa em uma finalização de fora da área, mas parou em boa defesa do goleiro Cássio.

A igualdade levou o Corinthians à quinta colocação do Brasileiro, com 20 pontos, deixando para trás o Atlético-PR , que tem 19. Já o Goiás saiu da zona de rebaixamento e agora soma dez pontos. A equipe esmeraldina tem a mesma pontuação do 17º colocado Santos, mas leva vantagem nos critérios de desempate e é o primeiro fora da degola.

Na 12ª rodada, o Corinthians recebe, nesta quinta, às 19h30 (de Brasília), o Atlético-PR, na Arena em Itaquera. Já o Goiás terá um confronto direto com o Santos , na quarta, às 19h30, no Serra Dourada.

FICHA TÉCNICA

Local: estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Data: 5 de julho de 2015

Horário: 16h (de Brasília)

Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)

Assistentes: Kleber Lucio Gil (SC) e Nadine Schramm Camara Bastos (SC)

Cartões amarelos: Alex Alves, Fred (Goiás). Bruno Henrique e Fagner (Corinthians)

 

GOIÁS: Renan; Clayton Sales, Alex Alves, Fred e Diogo; Rodrigo, David (Juliano), Liniker e Felipe Menezes (Arthur); Murilo e Wesley (Carlos Eduardo). Técnico: Augusto César

 

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Bruno Henrique; Jadson (Rodriguinho), Elias, Renato Augusto (Danilo) e Malcom; Vagner Love (Romero). Técnico: Tite

Veja também

Dupla brasileira não conseguiu subir ao pódio na competição

Últimas notícias