Comercial empata com Aparecidense na Capital pelo Campeonato Brasileiro

O Comercial fez a segunda partida na Série D
| 26/07/2015
- 04:33
Comercial empata com Aparecidense na Capital pelo Campeonato Brasileiro

O Comercial fez a segunda partida na Série D

O Comercial fez a segunda partida na Série D do Campeonato Brasileiro contra a Aparecidense-GO e voltou a jogar bem, a criar boas oportunidades de gol e a desperdiçá-las uma após outra. O Colorado ficou no 1 a 1 com os goianos e somou o primeiro ponto na competição, mas ficando fora ainda da zona de classificação do Grupo A5 para a próxima fase. A partida foi na tarde deste sábado no estádio Jacques da Luz em Campo Grande na tarde deste sábado (

A liderança é da Caldense-MG com seis pontos, Aparecidense agora tem quatro, Rio Bra).nco-ES tem três e o Operário-MT é lanterna sem pontos. Neste domingo (25), Caldense e Operário se enfrentam completando a terceira rodada.

O jogo começou com o time visitante mostrando que não veio à Campo Grande para ficar apenas na defensiva. Logo aos dois minutos, Guto arriscou de fora da área com perigo, mas a bola foi para fora. O Colorado respondeu aos cinco em jogada pela direita com Matheus Dulcídio que cruzou na pequena área, o goleiro Darci desviou e Cleydson pegou o rebote, mas bateu longe do gol. Aos 16 minutos, em jogada ensaiada, os goianos abriram o placar. Em falta cobrada da intermediária, Mário Sergio cabeceou para o centro da área e Leandro, livre, desviou para o gol aberto.

A desvantagem não assustou o Comercial que buscou responder imediatamente, mas Jefferson Tanque bateu para fora a primeira chance logo no minuto seguinte ao gol adversário. Aos 25, em bola bem trabalhada pelo meio, a bola chegou ao volante Júlio César que bateu da entrada da área, às esquerda do gol defendido por Darci. Mas no ataque seguinte, o gol vermelho saiu. Em chute longo da defesa, a bola chegou até Jéfferson Chumbinho que invadiu a área e bateu na saída de Darci, o goleiro desviou, mas a bola ficou na área. A zaga goiana vacilou e Matheus Delcídio foi mais esperto e tocou para o gol, igualando o placar em 1 a 1.

Com o empate o time sul-mato-grossense ganhou confiança e mandou na partida até o intervalo. Aos 34, Chumbinho recebeu em jogada de contra-ataque e invadiu a área, mas demorou para concluir e, na hora do chute, jogou para fora. O Colorado ainda teve uma série de escanteios nos últimos minutos, mas as chances não foram aproveitadas.

O segundo tempo começou sem a mesma volúpia da etapa inícial e o primeiro lance de perigo aconteceu aos dez minutos em uma cobrança de falta da meia lua com Rodolfo, mas o lateral não teve a mesma precisão do Campeonato Estadual e bateu para fora. Aos 16 foi a vez de Jéfferson Tanque ter a oportunidade de virar o placar após se livrar da marcação pela esquerda. O atacante entrou na área mas não foi preciso na hora da conclusão e jogou para fora.

Percebendo que a partida caiu de ritmo, os dois treinadores fizeram as modificações permitidas, mas o jogo continuou restrito às jogadas no meio. Aos 30 minutos, Jéfferson Tanque teve nova chance, mas bateu de primeira e longe do gol de Darci, para desespero da torcida colorada. Cinco minutos depois, falta pela esquerda que Bruno cobrou, Tanque apareceu por trás da zaga adversária, mas a bola desviada foi para fora. O Comercial repetiu o fim do primeiro tempo e dominou a partida até o fim. Já nos acréscimos, Tanque rolou para Michel pela esquerda que bateu cruzado, com perigo, mas para fora e o placar do primeiro tempo foi o definitivo da partida.

No final, o técnico Gilmar Calonga disse ainda acreditar na classificação pelo futebol que o time apresentou nos dois primeiros jogos, mas a falta de resultados positivos está incomodando. “Foi frustrante. Voltamos a jogar bem e falhar nas conclusões. Nós treinamos muito esse tipo de lance durante a semana, mas agora vamos em busca do resultado no próximo jogo para nos manter na disputa pela classificação”, disse.

Na próxima rodada, a quarta, o Comercial volta a jogar em casa, no sábado (1/08), às 15h, contra a Caldense-MG. A Aparecidense é o time da vez a ter folga no fim de semana.

Ficha Técnica

Campeonato Brasileiro – Série D

Comercial-MS 1 x 1 Aparecidense-GO

Público e renda: 759 (pagantes e não-pagantes) e R$ 9.060,00

Estádio Jacques da Luz – Campo Grande

Cartões Amarelos: Matheus Dulcídio (Comercial); Edinei, Claytinho e Anderson Santos (Aparecidense)

Gols: Leandro (AAA) aos 15 minutos, Matheus Dulcídio (ECC) aos 25

 

Arbitragem: Paulo Roberto Alves Júnior (PR), auxiliado por Ruy César Lavarda Ferreira (MS) e Marcos dos Santos Brito (MS).

Comercial: Martins; Rodolfo (Bruno Paraiba), Jayme, Andreson e Cleydson; Van Basty, Júlio César, Leandro Branco (Éverton) e Matheus Dulcídio (Michel); Jéfferson Tanque e Jéfferson Chumbinho. Técnico: Gilmar Calonga

Aparecidense-GO: Darci; Leonardy, Filipe (Anderson Santos), Robson e Mário Sérgio; Leandro (Marco Túlio), Guto, Claytinho e Edinei (Diego Lira); Paulo e Dinei Correa. Técnico: Sílvio Criciúma

Veja também

Últimas notícias