Esportes

Com dois gols de André, Sport vence o Avaí na Ilha do Retiro

O Leão de Recife vai a 43 pontos e assume a nona colocação

Diego Alves Publicado em 15/10/2015, às 00h08

None
andresportavaibrasileirogazetapress14102015.jpg

O Leão de Recife vai a 43 pontos e assume a nona colocação

O Sport voltou com tudo à disputa do Campeonato Brasileiro após a pausa para o início das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. Na noite desta quarta-feira, o Rubro-Negro se impôs na Ilha do Retiro e venceu confortavelmente o Avaí por 3 a 0, com um gol do meia Régis e dois do atacante André.

Com o resultado do duelo, válido pela 30ª rodada, o Leão de Recife vai a 43 pontos e assume a nona colocação na tabela. No próximo domingo, a equipe pernambucana volta a atuar em casa contra o atual vice-líder da Série A, o Atlético-MG.

Já o Avaí, que agora está há três jogos sem vencer (duas derrotas e um empate), soma 33 pontos e pode terminar a rodada na zona de rebaixamento. Para tentar reagir, tem como próximo adversário o Palmeiras, na Ressacada, em duelo que acontece neste sábado.

O jogo – Diante de sua torcida, o Sport voltou a campo pelo Campeonato Brasileiro após 11 dias com fome de bola. A equipe rubro-negra tomou para si a posse de bola e ocupou o campo de ataque na maior parte do tempo durante os primeiros minutos, mas só criou oportunidade de gol aos nove, quando, após cobrança de falta na área adversária, a bola sobrou para Durval, que bateu para fora.

Marcando muito forte em seu campo de defesa, o Avaí concentrava seu jogo nas escapadas rápidas ao ataque, principalmente pelo lado direito, com Nino Paraíba. A pedido do treinador Gilson Kleina, o time catarinense também passou a ficar mais com a bola no pé, equilibrando a partida. Mas, aos 18 minutos, foram os donos da casa que voltaram a ameaçar, com chute forte de Rithely, que passou por cima da meta de Diego.

A resposta dos visitantes veio aos 32, quando Renan Oliveira invadiu a área pela direita e rolou para Anderson Lopes, que chegou batendo de canhota, mas parou em boa defesa do goleiro Danilo Fernandes. Mas o Sport seguia tomando as iniciativas do jogo, e chegou com perigo aos 41 minutos, quando Élber fez boa jogada pelo meio, se livrou de quatro marcadores no caminho e caiu ao invadir a área. Os rubro-negros pediram pênalti, mas o árbitro mandou seguir.

No intervalo, o técnico Falcão mudou sua equipe, trocando o lateral Danilo pelo meia Régis. Já no início da primeira etapa aconteceu uma cena curiosa na Ilha do Retiro: por reclamação, o médico do time da casa, Dr. José Venâncio, foi expulso por reclamação e Dr. Rodrigo Perez substituiu-o em sua função. Com mais volume de jogo na volta dos vestiários, o Leão do Recife voltou a chegar bem novamente com Élber, que recebeu de Samuel Xavier e, quase sem ângulo, acertou a rede pelo lado de fora.

Aos 15, Régis justificou sua entrada na partida com um belo gol. Após corte ruim da defesa avaiana, a bola sobrou na entrada da área para Régis, que bateu forte, não deu chance para o goleiro Diego e estufou as redes para fazer a festa da torcida. Apenas dois minutos depois, o Sport aproveitou o bom momento na partida para ampliar sua vantagem. Após boa triangulação entre Régis e Marlone, André recebeu em boa posição na área e concluiu de canhota para marcar o segundo tento rubro-negro.

Falcão mostrou querer mais e, logo após o gol, trocou Marlone por Maikon Leite, dando ainda mais gás ao ataque mandante. O Avaí, por sua vez, não estava entregue, e teve boa chance com chute de Romulo aos 26 minutos, mas Danilo Fernandes fez boa defesa para impedir o primeiro gol do time catarinense. Mas André, oportunista, jogou um balde de água fria no bom momento avaiano. Aos 38, o centroavante recebeu sozinho pelo lado direito da área visitante e bateu bem para dar números finais à partida.

FICHA TÉCNICA

SPORT 3 x 0 AVAÍ

Local : Ilha do Retiro, no Recife (PE)

Data : 14 de outubro de 2015, quarta-feira

Horário : 21 horas (de Brasília)

Árbitro : Péricles Bassols

Assistentes : Rodrigo Henrique Corrêa e Luiz Cláudio Regazone (trio do RJ)

Cartões amarelos : Rithely, Wendel (Sport); Nino Paraíba, Antonio Carlos, Renan, Eduardo Neto, Anderson Lopes (Avaí)

GOLS :

SPORT: Régis, aos 15, e André aos 17 e aos 38 minutos do segundo tempo

SPORT : Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Danilo (Régis); Rithely, Wendel, Neto Moura, Marlone (Maikon Leite) e Élber; André (Samuel)

Técnico : Falcão

AVAÍ : Diego; Nino Paraíba, Antonio Carlos, Emerson e Eltinho; Adriano, Renan (Romulo), Eduardo Neto (Pablo) e Renan Oliveira (Camacho); Anderson Lopes e André Lima

Técnico : Gilson Kleina

Jornal Midiamax