Caso Fifa: EUA podem confiscar imóvel de Marin em NY

Apartamento comprado na década de 80 será entregue à Justiça em caso de condenação 
| 23/07/2015
- 18:27
Caso Fifa: EUA podem confiscar imóvel de Marin em NY

Apartamento comprado na década de 80 será entregue à Justiça em caso de condenação 

José Maria Marin vem fazendo de tudo para evitar a extradição para os Estados Unidos e pode acabar perdendo a residência que mantém por lá. A Justiça americana prometeu confiscar o apartamento do ex-presidente da CBF em Nova York, caso Marin seja condenado no processo em que é acusado de ter recebido propinas em solo americano. O dirigente de 83 anos está preso nos arredores de Zurique, na Suíça, desde 27 de maio.

Fontes próximas às investigações revelaram que a Justiça americana pretende confiscar propriedades de todos os dirigentes e empresários ligados aos casos de corrupção no . Pelo menos 13 propriedades já estão na mira dos americanos. José Maria Marin tem um apartamento em Nova York avaliado em cerca de 2 milhões de dólares (6,5 milhões de reais), na célebre Trump Tower. No 41.º andar, ele tem uma vista privilegiada para a 5.ª Avenida. Se eventualmente for extraditado para os Estados Unidos, ele poderia usar o imóvel adquirido no final dos anos 80 como parte do pagamento de sua fiança.

Porém, se Marin for efetivamente condenado ao final do processo, parte da multa que terá de pagar significará o confisco definitivo do apartamento em Nova York. Fontes do FBI confirmaram que a lista de propriedades, contas e bens do brasileiro já começa a ser desenhada. Não é por acaso que o também ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira, colocou sua propriedade na Flórida à venda assim que o caso estourou.

 

Veja também

A paulistana Bia Haddad teve uma segunda-feira (8) especial desde as primeiras horas. Além de...

Últimas notícias