Esportes

Boca x River é interrompido por spray de pimenta e drone

A torcida do Boca jogou objetos em campo

Diego Alves Publicado em 15/05/2015, às 00h09

None
dronefantasmavoaivanfernandezefe.jpg

A torcida do Boca jogou objetos em campo

O clássico entre Boca Juniors e River Plate, válido pelas oitavas de final da Copa Libertadores , teve cenas lamentáveis, nesta quinta-feira, em Buenos Aires. Quando os times saíram dos vestiários para disputar o segundo tempo na Bombonera, jogadores do River foram atingidos por spray de pimenta, que teria sido lançado pela torcida rival. Enquanto o duelo estava interrompido por causa disso, um drone sobrevoou o estádio com um “fantasma da Série B”, ironizando o rebaixamento do River em 2011.

Os jogadores do Boca saíram dos vestiários primeiro. Logo depois, quando o River ainda estava no túnel de acesso, os atletas começaram a passar mal por causa do gás. Eles cobriram os olhos e o nariz, mas ficaram sem enxergar ou respirar bem, além de terem manchas vermelhas no corpo. Enfim, não houve qualquer condição de iniciar o jogo imediatamente.

Enquanto tudo estava interrompido, o problema se agravou. A torcida do Boca jogou objetos em campo, como garrafas e até gelo seco. Mas o mais inusitado foi quando apareceu um drone segurando um boneco fantasiado de fantasma e com a inscrição “B”, imagem de uma brincadeira frequente dos torcedores do Boca.

Antes deste problema, o jogo estava 0 a 0 na Bombonera. O primeiro tempo tinha sido marcado por muitas faltas e poucas chances de gol. O Boca mostrou nervosismo e teve quatro jogadores advertidos com cartão amarelo. Este é o jogo de volta – na primeira partida o River ganhou por 1 a 0 no Estádio Monumental de Nuñez.

Jornal Midiamax