O edital do concurso público da Receita Federal estava previsto para ser publicado até esta quarta-feira (9). No entanto, o documento não foi divulgado e sua publicação foi prorrogada até 10 de dezembro.

O prazo dado pela Receita bate na data limite estabelecida pela portaria, que prevê edital em até seis meses após o aval do Ministério da Economia.

Serão ofertadas 699 vagas, sendo 230 para Auditor Fiscal, com salário de R$ 21 mil, e 469 para Analista Tributário, com salário de R$ 11 mil. Ambos os cargos exigem nível superior completo em qualquer área de formação.

Além disso, vale ressaltar que o concurso público será realizado em duas etapas. Dessa forma, a primeira será uma prova objetiva e discursiva, de caráter eliminatório e classificatório. Depois, o candidato passará por um curso de formação, também de caráter eliminatório. Você pode conferir mais detalhes no projeto básico.

Detalhes das provas da Receita Federal

1ª etapa

  • Provas em todas as capitais do país e na mesma data para ambos os cargos;
  • Auditor Fiscal: 200 questões objetivas + 2 questões discursivas;
  • Analista Tributário: 140 questões objetivas + 1 questão discursiva.

2ª etapa

  • Curso de formação online, com provas presenciais (Brasília/DF, Manaus/AM, Recife/PE, São Paulo/SP e Curitiba/PR);
  • Duração em torno de 240 horas para o cargo de Auditor (AFRFB) e 160 horas para o cargo de Analista (ATRFB).

Previsão de publicação

A assinatura do contrato ocorreu em 14 de outubro. Agora, Receita garante que edital será publicado até 10 de dezembro. A previsão é de cerca de 200 mil inscritos. Dessa forma, a taxa de inscrição deve girar em torno de R$ 108,33, segundo o documento.