Cotidiano / Emprego & Concurso

Inscrição para vagas de graduação à distância em Administração Pública da UEMS segue até este domingo

Conforme a universidade, são 175 oportunidades

Renata Fontoura Publicado em 06/06/2021, às 13h24

O curso é ofertado em parceria com o Sistema Universidade Aberta do Brasil
O curso é ofertado em parceria com o Sistema Universidade Aberta do Brasil - Chico Ribeiro | GOV-MS

As inscrições para o processo seletivo do curso de graduação em Administração Pública (bacharelado) na modalidade à distância da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) podem ser feitas até às 23h59 deste domingo (6).

Segundo a  PROE (Pró-Reitora de Ensino) e a DED (Diretoria de Educação a Distância) da universidade, são ofertadas 90 vagas para quem se inscrever utilizando o Histórico Escolar e 85 vagas para os que vão utilizar a nota do Enem (Exame Nacional de Ensino Médio) dos anos 2016, 2017, 2018, 2019 e/ou 2020.

As inscrições devem ser realizadas diretamente no endereço candidato.uems.br/. O edital e mais informações sobre o processo seletivo podem ser encontrados aqui. O início das aulas será no 2º Semestre do ano letivo de 2021.

As 85 vagas via notas do ENEM são: 50 para ampla concorrência, 15 destinadas as cotas para negros (pretos e pardos), 10 para cotas para indígenas e 10 para residentes de Mato Grosso do Sul.

Já para quem utilizará o Histórico Escolar são 90 vagas, sendo 50 para ampla concorrência, 20 destinadas as cotas para negros (pretos e pardos), 10 para cotas para indígenas e 10 para residentes de Mato Grosso do Sul.

As vagas são distribuídas em 5 Polos EaD da UEMS: Água Clara, Bela Vista, Miranda, Rio Brilhante e São Gabriel do Oeste. Mais informações sobre os polos EaD UEMS, aqui.

Somente poderão concorrer às vagas para os regimes de cotas para negros (pretos e pardos) e indígenas candidatos que tenham cursado integralmente o Ensino Médio em escolas públicas. O candidato deverá, obrigatoriamente, optar pela vaga à qual deseja concorrer e certificar-se de que cumpre os requisitos estabelecidos para concorrer às vagas reservadas em decorrência da Lei Estadual nº 2.589, de 26 de dezembro de 2002; Lei Estadual nº 2.605, de 6 de janeiro de 2003; Lei Estadual nº 5.541, de 15 de julho de 2020 e em conformidade com a Resolução CEPE-UEMS nº 2.182, de 02 de outubro de 2020.

Ao indicar o sistema de concorrência escolhido o candidato concorrerá apenas com os candidatos inscritos para o mesmo sistema de concorrência indicado no ato da inscrição, ou seja, o candidato que optar por concorrer como residente em Mato Grosso do Sul concorrerá às vagas destinadas a esse regime de cotas, por exemplo.

A oferta dos cursos de graduação na modalidade a distância visa primordialmente ampliar e interiorizar o acesso ao ensino superior público, gratuito e de qualidade no Brasil. Durante o curso, no Polo de Apoio Presencial, haverá atividades presenciais obrigatórias, tais como: encontros, aulas práticas, estágios, defesa de trabalhos de conclusão de curso, atividades relacionadas a laboratórios de ensino, pesquisa, extensão, tutoria e avaliações. A UEMS exime-se das despesas com viagens e estadas dos candidatos ao Polo de Apoio Presencial, a serem realizadas no decorrer do curso.

Não poderão ocupar vaga no curso ofertado por esta seleção candidatos que estejam vinculados no mesmo curso exercendo a função de Tutoria (Presencial ou a Distância), Professor Formador, Coordenação de Tutoria e/ou Coordenador do Curso.

O curso de bacharelado em Administração Pública possui carga horária total de 3.000 horas, distribuídos em 8 semestres. O objetivo principal é formar e qualificar profissionais com nível superior visando o exercício de atividades gerenciais, possibilitando que esses gestores intervenham na realidade social, política e econômica, contribuindo para a melhoria da gestão das atividades desempenhadas pelo Estado brasileiro, no âmbito federal, estadual e municipal.

Jornal Midiamax