Cotidiano / Emprego & Concurso

Mais de seis mil candidatos farão prova do concurso da Agepen neste domingo

A prova terá início às 8h (horário de MS)

Diego Alves Publicado em 02/04/2016, às 01h25

None
concurso-nivel-medio.jpg

A prova terá início às 8h (horário de MS)

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul promove no próximo domingo (3) a prova escrita objetiva do concurso público para agente penitenciário estadual do quadro de pessoal da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen). Para as 438 vagas em diferentes áreas, com salário inicial de R$ 2.940,00, se inscreveram 6523 candidatos.

A prova terá início às 8h (horário de MS), com duração de 4 (quatro) horas, e será realizada nos municípios de Campo Grande, Corumbá, Coxim, Dourados, Jardim, Naviraí, Paranaíba e Ponta Porã.

Edital com locais das provas e ensalamento dos candidatos foi publicado no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (29), no caderno de suplementos (clique aqui e confira).

O candidato deverá apresentar-se no local da prova com antecedência mínima de 30 (trinta) minutos do horário marcado para seu início, munido do documento oficial de identidade utilizado na inscrição e caneta esferográfica preta ou azul, fabricada em material transparente.

Serão aceitos como documentos de identificação: Cédula Oficial de Identidade (RG), expedida pela Secretaria de Segurança Pública (com registro da etnia indígena, quando for o caso), Carteira das Forças Armadas, Passaporte, Carteira Nacional de Habilitação (CNH -modelo novo), Carteira expedida por Órgãos ou Conselhos de Classe, Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS.

O documento de identidade deverá estar dentro de seu prazo de validade, quando for o caso, e em perfeitas condições de forma a permitir, com clareza, a identificação, não sendo aceita cópia, ainda que autenticada.

Caso o candidato esteja impossibilitado de apresentar, no dia de realização das provas, documento de identidade original, por motivo de perda, furto ou roubo, deverá apresentar documento, expedido nos últimos 30 dias, que ateste o registro da ocorrência em órgão policial.

Não será permitido o ingresso na sala das provas de candidatos: portando armas ou munição; com livros, manuais, impressos, máquinas de calcular, agendas eletrônicas ou similares; utilizando boné, boina, chapéu, gorro, lenço, óculos escuros, protetor auricular ou outro acessório que impeça a visão total das orelhas do candidato.

O candidato não poderá permanecer na sala de prova com aparelhos eletrônicos, como: telefone celular, bip, relógio de qualquer espécie, walkman, pager, notebook, palmtop, máquina fotográfica, gravador, aparelho portátil de armazenamento e de reprodução de vídeos, receptor de mensagens, agenda eletrônica ou similares, entre outros). Serão oferecidas pelo fiscal de sala embalagem para que os aparelhos sejam acondicionados após serem desligados.

Além da prova escrita, o concurso para agente penitenciário estadual é composto ainda por teste psicotécnico, avaliação médica, teste de aptidão física e curso de formação.

Jornal Midiamax