Cotidiano / Emprego & Concurso

Fiems é a 9ª entidade representativa a receber o Comitê Estadual de Desburocratização

O objetivo é ouvir todos os segmentos da sociedade

Diego Alves Publicado em 05/11/2015, às 02h59

None
desburocratizacao-fiems1-672x372.jpg

O objetivo é ouvir todos os segmentos da sociedade

Dando sequência na agenda positiva com as entidades representativas da sociedade, representantes do Comitê Estadual de Desburocratização estiveram, na tarde desta terça-feira (3), sede da FIEMS – Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul, 9ª entidade a receber o comitê. O objetivo é ouvir todos os segmentos da sociedade para levantar elementos suficientes para formatar o Programa Estadual de Desburocratização.

Durante o encontro, o coordenador do comitê, secretário de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto de Assis colocou a preocupação do Governo de Mato Grosso do Sul em ouvir todas as demandas da sociedade e antecipou que já estuda a criação de um canal de comunicação, que será desenvolvido com o objetivo de levantar informações. “Estamos trabalhando na abertura de um canal de comunicação com a população. Queremos ouvir as sugestões do cidadão, aquele que utiliza o serviço lá na ponta e que tem muito a contribuir nas ações de desburocratização”, antecipou Assis.

Elogiando a iniciativa, o presidente da FIEMS, Sérgio Longen pontuou que hoje a burocracia nos serviços que envolvem os empresários sul-mato-grossenses é grande e que, um trabalho conjunto, utilizando novas ferramentas poderia melhorar de forma significativa o trabalho final. “Realmente os empresários e não só do Estado, mas no contexto geral tem grande dificuldade nos serviços oferecidos pelo Governo do Estado, a começar pelo horário de atendimento da Secretaria de Fazenda”, destacou.

Sérgio Longen acrescentou que o Governo do Estado tem evoluído em alguns pontos, mas em um mundo moderno como o que vivemos não cabe mais trabalhar com carimbo, fotocópia e autenticações. “As secretarias estaduais precisam conversar entre si. Nós defendemos a realização de um fórum para debater alternativas para dar mais agilidade nos serviços públicos, abrangendo as principais cidades de Mato Grosso do Sul para que a sociedade possa dizer como está e como gostaria que fosse”, pontuou.

Na oportunidade, Assis entregou ao presidente Sérgio Longen, um documento oficial solicitando que todas as demandas da entidade sejam formatadas e enviadas através de um documento ao Comitê, para avaliação e validação.

Jornal Midiamax