94 demitidos por dia em setembro: pior resultado da história em MS

Na média, 45 foram demitidos por dia em 2015
| 23/10/2015
- 21:54
94 demitidos por dia em setembro: pior resultado da história em MS

Na média, 45 foram demitidos por dia em 2015

Reflexo da crise que atinge o Pais, o mercado de trabalho formal de continua em queda, segundo dados (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados pelo Ministério do Trabalho nesta sexta-feira (23). A média, nos últimos 12 meses, 45 trabalhadores perdendo o emprego a cada dia, um total de 16.318 empregos a menos. Em setembro de 2015, a média foi ainda pior, 93,8 trabalhadores foram demitidos por dia, o que deixou o mês no pior resultado da série histórica, que começou em 2003.

Os setores de atividade econômica que mais contribuíram para a queda de 2.815 demissões foram: Serviços (-1.521 postos), Indústria de Transformação (-831 postos) e Construção Civil (-323 postos).

Por cidade

A variação entre admitidos e demitidos colocou Naviraí em primeiro lugar quanto ao saldo negativo (-5,32%), seguida de Rio Brilhante (-1,25%) e Aquidauana (-0,90%).

Na prática, Campo Grande foi a cidade que mais teve demissão em setembro, 9.154 trabalhadores perderam o emprego naquele mês. Em Dourados, 2.420 pessoas foram demitidas e em Três Lagoas 1.683 postos a menos.

A equipe de reportagem do Jornal Midiamax acompanhou no início deste mês a notícia de demissão de 82 funcionários da Universo Íntimo, fábrica de roupas íntimas de Campo Grande. Nos dias 8 e 9 de setembro, os funcionários foram chamados ao refeitório e comunicados da demissão. Os funcionários demitidos somados aos restantes, que estavam com salários atrasados, fizeram um protesto na segunda-feira (19) pedindo regularização. O prazo final para depósito dos salários ao funcionários é nesta sexta-feira. 

Veja também

Últimas notícias