Cotidiano / Emprego & Concurso

Produtores audiovisuais podem se inscrever no Edital de Apoio à Produção de Obras Audiovisuais

A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul publicou no dia 23 de maio, no Diário Oficial do Estado, o edital de Apoio à Produção de Obras Audiovisuais Inéditas. O projeto foi elaborado em parceria com a Associação de Cinema e Vídeo de MS e o Colegiado Setorial de Audiovisual de Campo Grande e […]

Arquivo Publicado em 02/06/2014, às 00h55

None

A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul publicou no dia 23 de maio, no Diário Oficial do Estado, o edital de Apoio à Produção de Obras Audiovisuais Inéditas. O projeto foi elaborado em parceria com a Associação de Cinema e Vídeo de MS e o Colegiado Setorial de Audiovisual de Campo Grande e contemplará quatro produções com R$ 40 mil cada.

O concurso é aberto a produtores audiovisuais, dentre pessoas físicas ou jurídicas. Os projetos concorrentes devem ser inéditos, de curta metragem, ficção ou documentário, com uso ou não, total ou parcial, de técnicas de animação, duração entre 10 e 30 minutos e que tenham como matriz de captação formatos digitais de alta definição (HD).

De acordo com o coordenador do Museu da Imagem e do Som, Rodolfo Ikeda, além do lançamento do edital, a Fundação de Cultura realizará na edição deste ano uma Oficina de Elaboração de Projetos Audiovisuais. “A data ainda será definida, mas esperamos que seja realizada ainda em junho. O objetivo é fomentar e ampliar a formação de produtores executivos para a área em nosso Estado”, explica.

Por meio do Edital de Apoio à Produção de Obras Audiovisuais a Fundação de Cultura já viabilizou nos últimos três anos a produção de diversas obras, dentre elas Dia de Visita, de Augusto Proença, A Ressaca, de Giuliano Gondim, Ana, de Breno Benetti, Corixo, de Marcelo Moreira Santos e A TV está ligada, de Essi Rafael.

Além destas estão sendo produzidas com recursos deste edital outras obras audiovisuais, como A outra margem, de Breno Benetti, Cinzas, de Marinetti Pinheiro, Vermelho sobre a grama verde, de Emmanueli Ribeiro e Sem Fim, de Fábio Flecha.

“O Edital e a Oficina de Elaboração de Projetos Audiovisuais são excelentes oportunidades tanto para produtores independentes quanto ao público em geral, que terá acesso a projetos muito criativos. É de extrema importância fomentar e reconhecer o trabalho daqueles que trabalham com a sétima arte em nosso Estado e essa foi e será a nossa meta”, analisa o presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, Américo Calheiros.

Serviço

O edital está disponível no Diário Oficial do Estado desta sexta (23 de maio) e na página da Fundação de Cultura na internet: www.fundacaodecultura.ms.gov.br . As inscrições vão até 23 de julho.

Outras informações podem ser obtidas no Museu da Imagem e do Som pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone 3316-9178. O MIS fica no 3º andar do Memorial da Cultura e Cidadania, na avenida Fernando Correa da Costa, 559, Centro.

Jornal Midiamax