Cotidiano / Emprego & Concurso

Mulher come 363 asas de frango e vence concurso nos EUA

Uma dona de casa de Nebraska ganhou uma competição de comida no estado da Filadélfia, EUA, depois de comer 326 asas de frango em 30 minutos. Além de uma medalha e um anel de vencedora, Molly Schuyler foi premiada também com $22 mil, cerca de R$ 55 mil. Competições semelhantes costumam atrair milhares de pessoas […]

Arquivo Publicado em 17/03/2014, às 00h15

None

Uma dona de casa de Nebraska ganhou uma competição de comida no estado da Filadélfia, EUA, depois de comer 326 asas de frango em 30 minutos. Além de uma medalha e um anel de vencedora, Molly Schuyler foi premiada também com $22 mil, cerca de R$ 55 mil.

Competições semelhantes costumam atrair milhares de pessoas nos Estados Unidos. Vinte e cinco mil americanos lotaram um ginásio da Filadélfia para assistir a competição deste ano.

Mais do que diversão, as competições de comida são uma forte representação da cultura americana.

Centenas de pessoas se aglomeram nos estacionamentos enquanto passam latas de cervejas de mão em mão. Dentro do ginásio, a abertura do evento é triunfal, com direito a participantes devidamente fantasiados e acompanhados por uma comitiva de strippers. Um a um, os participantes desfilam enquanto seus rostos são exibidos nos telões.

Nesses tipos de evento, a competição em si é o que mesmo importa. Os olhos da plateia se concentram, quase até os últimos minutos da competição, nas garotas das arquibancadas, que fazem poses sensuais quando aparecem nos telões.

A atenção se volta para a competição quando ela se aproxima do final. A plateia vai à loucura quando os competidores expelem pedaços de frango rejeitados pelo organismo. Quando o campeonato acaba, a multidão deixa o ginásio para ir, muitas vezes, aos clubes de strip-tease onde “o café da manhã” é servido gratuitamente em dias como este.

Jornal Midiamax