Cotidiano / Emprego & Concurso

Fotógrafo do Midiamax fica entre finalista de concurso e terá foto em acervo do MIS

O fotógrafo do jornal Midiamax Gerson Walber, de 37 anos, é um dos 20 finalistas do “Concurso de Fotografias: Patrimônio Histórico e Cultural de Mato Grosso do Sul – Nossa Identidade NOB 100 anos”. O resultado foi nesta quarta-feira (27), no Diário Oficial do Estado. A foto de Walber intitulada “Cortando Trilhos” mostra o momento […]

Arquivo Publicado em 27/08/2014, às 20h01

None
1976934041.jpg

O fotógrafo do jornal Midiamax Gerson Walber, de 37 anos, é um dos 20 finalistas do “Concurso de Fotografias: Patrimônio Histórico e Cultural de Mato Grosso do Sul – Nossa Identidade NOB 100 anos”. O resultado foi nesta quarta-feira (27), no Diário Oficial do Estado.

A foto de Walber intitulada “Cortando Trilhos” mostra o momento exato em que os trilhos do trem foram retirados de dentro do perímetro urbano. O profissional conta que para fazer a foto precisou correr muito, já que na época havia uma polêmica muito grande em relação a retirada, e o Executivo ordenou que ação fosse feita na madrugada.

“O pessoal do jornal me chamou e avisou que o trilho estava sendo retirado e já sai para a rua para fotografar. Foi bem de supetão”, revela o fotógrafo que na época trabalha para O Correio do Estado.

Ele diz ainda estar muito honrado por ver que seu trabalho ficará exposto em um museu e a partir de agora, ajudará a contar a história do nosso estado. “É uma honra. Eu achei que não tinha chance de ficar entre os selecionados, é muito difícil ganhar pelo fato de haver profissionais muito bons no estado, principalmente, os mais antigos”, diz humilde.

“Minha intenção foi participar do evento, justamente, porque esta foto, fui um dos únicos que conseguiu registrar”, diz.

O concurso

Participaram do concurso obras inéditas produzidas por fotógrafos profissionais e amadores cuja temática era a Noroeste do Brasil, ferrovia que consolidou a identidade cultural sul-mato-grossense.

As vinte fotografias selecionadas passarão a compor o acervo do Museu da Imagem e do Som. Os três primeiros colocados serão premiados com R$ 3 mil, R$ 2 mil e R$ 1 mil, respectivamente. Os candidatos classificados do 4º ao 20º lugar receberão Certificados de Menção Honrosa.

Além de integrarem o acervo do Museu da Imagem e do Som de Mato Grosso do Sul, as fotografias selecionadas serão apresentadas em exposição especial, aberta ao público, ainda este ano.

Confira a relação dos trabalhos premiados:


  • 1º: Felipe Alexandre com “Cada Marca uma História”

  • 2º: Álvaro Henrique de Oliveira Rezende com “Nos Trilhos do Passado”

  • 3º: Rodrigo Zini Mendes com “Símbolos do Desenvolvimento”

  • 4º: Thiago Lopes Quevedo com “Caminho Pantaneiro”

  • 5º: Valeria Maria Pereira Centola Attab com “Pescaria Sob o Trilho”

  • 6º: Denis Vidal Zubieta com “Cuide-me”

  • 7º: Valdenice Pires Marques da Rocha com “Ponte de Ferro Francisco de Sá”

  • 8º: Maria das Graças Duarte Mougenot com “Estação Ferroviária de Miranda – MS”

  • 9º: Patricia Tatiane Otsubo com “Cargueiro Passando Pela Estação de Palmeiras”

  • 10º Marcio Ricardo de Oliveira com “Vagões Abandonados na Estação Cachoeirão”

  • 11º: Yuri Fabio Spazzapan Ferreira com “Gerações de Logomarcas”

  • 12º: Marco Aurélio Miatelo Prado com “Retrato do Passado”

  • 13º: Nathalia Zandavalli Lopes da Silva com “Ponte Ferroviária Francisco de Sá II”

  • 14º: Valdecir Alves do Nascimento com “Trilhos e Coragem”

  • 15º: Gerson Walber com “Cortando Trilhos”

  • 16º: Jorge Paulino Gomes de Oliveira com “Estação Campo Grande”

  • 17º: Rhuamma Borges Vieira com “Antiga Estação Ponta Porã – MS”

  • 18º: Marcos José da Rocha com “O Guardião de Guaicurus”

  • 19º: Marcelo Moreira Santos com “Noroeste”

  • 20º: Anderson Cardoso Viegas com “Recorte Estação Ligação”
Jornal Midiamax