Cotidiano / Emprego & Concurso

Prefeito promete receber guardas municipais aprovados em concurso na segunda

O protesto dos guardas municipais remanescentes do último concurso, na tarde desta sexta-feira (6), durou cerca de três horas, até prefeito Alcides Bernal (PP), prometer receber uma comissão para uma conversa na próxima segunda-feira (9), na prefeitura de Campo Grande. Bernal encarregou o major Luidson Noleto de dar a notícia para os manifestantes. O encontro está […]

Arquivo Publicado em 06/12/2013, às 19h59

None
1196428619.jpg

O protesto dos guardas municipais remanescentes do último concurso, na tarde desta sexta-feira (6), durou cerca de três horas, até prefeito Alcides Bernal (PP), prometer receber uma comissão para uma conversa na próxima segunda-feira (9), na prefeitura de Campo Grande.

Bernal encarregou o major Luidson Noleto de dar a notícia para os manifestantes. O encontro está marcado para as 8 horas. Porém, a conversa com o prefeito foi condicionada à desmobilização dos guardas.“Os três vão sair com a resposta e vocês vão decidir o que fazer”, afirmou o major.

A comissão deverá ser composta por três pessoas. Nem todos os manifestantes gostaram da promessa, mas por maioria, decidiram ir para casa e dar um “voto de confiança” ao prefeito. Alguns consideraram a situação humilhante, mas consentiram em voltar para casa. Segundo André Luiz Aquino a conversa será a “última cartada”.

Protesto – Os remanescentes da Guarda Municipal protestaram em frente ao prédio da Prefeitura de Campo Grande, pela convocação de 77 pessoas aprovados em concurso realizado em 2009.

A última convocação ocorreu ainda na gestão do ex-prefeito Nelson Trad Filho (PMDB), onde 50 guardas tomaram posse na gestão seguinte. Durante a gestão de Alcides Bernal, nenhuma convocação foi realizada. Os guardam aprovados no concurso já passaram por treinamento e prometem persistir até que a convocação ocorra.

O concurso ocorreu para cumprimento de um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta), entre a prefeitura e o Ministério Público Estadual para contratação de Guardas Municipais. A solicitação pedia a contratação de 1488 profissionais. De acordo com os manifestantes, atualmente a guarda conta com 1300 homens e mulheres.

Jornal Midiamax