Cotidiano / Emprego & Concurso

FETEMS e Governo debatem sobre edital e número de vagas de concurso público

No início da tarde desta segunda-feira (18) a direção da FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mao Grosso do Sul) esteve reunida com o governador, André Puccinelli, a secretária de educação do Estado, Nilene Badeca, a secretária de administração, Thie Higuchi Viegas dos Santos e o representante da Casa Civil, Carlos de Marchi, para […]

Arquivo Publicado em 19/02/2013, às 11h45

None
981569725.jpg

No início da tarde desta segunda-feira (18) a direção da FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mao Grosso do Sul) esteve reunida com o governador, André Puccinelli, a secretária de educação do Estado, Nilene Badeca, a secretária de administração, Thie Higuchi Viegas dos Santos e o representante da Casa Civil, Carlos de Marchi, para debater questões sobre o concurso público para professores da Rede Estadual de Ensino que terá edital lançado na próxima semana.


De acordo com o presidente da FETEMS, Roberto Magno Botareli Cesar, entre os assuntos debatidos estava à quantidade de vagas que serão ofertadas no concurso público dos professores. “Nossa luta é para que o concurso tenha no mínimo 1.200 vagas, para suprir o déficit de profissionais que deveriam ter sido efetivados no ano passado, neste ano, além de contratações referentes a 2013”, afirma.


Roberto Botareli disse que este ano a prova do concurso será regionalizada, não somente em Campo Grande como nos concursos anteriores. “Essa é uma das principais solicitações da categoria, pois isso facilita muito o acesso ao concurso, portanto reivindicamos e conseguimos que a prova seja realizada além de Campo Grande, em Dourados, Naviraí e Três Lagoas”, disse.


Além disso, o presidente da FETEMS explicou que na quinta-feira (28) a FETEMS já convocou um Conselho de Presidentes, com os dirigentes sindicais dos 72 sindicatos afiliados a Federação para debater as questões relacionadas ao concurso público e outras bandeiras de luta da categoria como o Piso Salarial Nacional. O edital do concurso do magisério estadual está programado para ser publicado até esta data.


Representaram a Federação na reunião o presidente, Roberto Botareli, o secretário de finanças, Jaime Teixeira, o secretário de políticas municipais, Ademar Plácido da Rosa e secretária dos administrativos em educação, Idalina Silva.


Concurso


Para participar é necessário ter nível superior. Aqueles que possuem especialização, mestrado e doutorado obterão mais pontos.


Na prova, disciplinas específicas terão peso seis, português terá peso dois e o restante das questões, peso um. Para ser aprovado será necessário acertar pelo menos 50% da prova específica e não zerar nenhuma das demais disciplinas.


Após o Conselho de Presidentes da FETEMS a entidade irá divulgar mais detalhes sobre o concurso público dos professores e outras bandeiras de luta como o Piso Nacional e a realização do concurso dos administrativos em educação.

Jornal Midiamax