Cotidiano / Emprego & Concurso

Substituto de Rigo promete concurso e transparência nas contas da Assembleia

O deputado estadual Paulo Corrêa (PR), escolhido nesta terça-feira (1º) como primeiro secretário da Assembleia Legislativa – aquele que administra o dinheiro da Casa, algo em torno de R$ 145 milhões até dezembro -, garantiu que em sua gestão vai criar um programa que prevê a publicação das contas do Poder Legislativo na internet e […]

Arquivo Publicado em 01/02/2011, às 13h17

None

O deputado estadual Paulo Corrêa (PR), escolhido nesta terça-feira (1º) como primeiro secretário da Assembleia Legislativa – aquele que administra o dinheiro da Casa, algo em torno de R$ 145 milhões até dezembro -, garantiu que em sua gestão vai criar um programa que prevê a publicação das contas do Poder Legislativo na internet e ainda impor um projeto que permita a realização de concurso público.

A primeira ideia deveria ter sido colocado em prática desde o primeiro semestre do ano passado, quando uma lei federal normatizou a questão. O deputado republicano esquivou-se dizendo que toda medida leva tempo para adotada, além de demandar adaptação do poder legislativo.

Leia nas notícias relacionadas abaixo como foi a posse dos deputados estaduais

Corrêa vai assumir a vaga do ex-deputado estadual Ary Rigo (PSDB), que não se reelegeu no ano passado. Sem saber que era gravado em vídeo, Rigo disse que a Assembleia Legislativa distribuía dinheiro a membros dos poderes, uma espécie de mensalão. O caso virou notícia nacional e ainda não foi investigado. A gravação caiu no You Tube.

O deputado Paulo Corrêa disse que o projeto da transparência nas contas da Assembleia deve ser posto em prática daqui a 120 dias.

Ele promete seguir o padrão do Senado Federal, que exibe na rede mundial até as cópias de cheques emitidos pela Casa. Uma comissão conduzida por Corrêa é quem deve definir as regras dessa intenção.

Já o concurso público para a contratação de servidores, nunca visto antes na Assembleia, ainda não tem uma data determinada. Paulo Corrêa estuda criar um plano de cargos e carreiras depois de avaliar as necessidades de cada diretoria legislativa. Um plano de demissão voluntária também poderá ser elaborado.

O novo 1º secretário disse que delegará atribuições ao 2º secretário, Paulo Duarte, por conta de sua especialização como economista e pela experiência como secretário estadual de Fazenda no governo Zeca.

Reformas

Corrêa disse que estudará maneiras de reformar e reordenar os gabinetes da Assembleia, pois os deputados se queixam do pouco espaço nas salas – 47 metros quadrados. Com as obras, que devem levar até dois anos para serem concluídas, os gabinetes deverão contar com 85 metros quadrados, além de estarem agrupados no piso superior do prédio. Ao andar de baixo ficarão reservadas as diretorias e os serviços, como os terminais bancários. (Editado às 13h54 para acréscimo de informação)

Jornal Midiamax