Com menos de 7 mil habitantes, o município de Selvíria – distante 396 km de Campo Grande, tem o maior PIB per capita do Mato Grosso do Sul. Também se destaca nacionalmente, como o 26º maior resultado de PIB por habitante do país. Os dados são do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Selvíria chegou ao PIB de R$ 1.723 bilhão em 2023, com PIB per capita de R$ 262.888. O município também aparece entre os cinco com maior valor adicionado bruto da indústria a preços correntes, na 4ª posição.

A economia de Selvíria é beneficiada pelo recebimento de royalties do Complexo de Urubupungá, que compreende três usinas hidrelétricas. Além disso, tem várias indústrias grandes e ativas, como a Tilabras, Metalfrio e o grupo Arauco.

O segundo municípios com maior PIB per capita do Estado é Paraíso das Águas, com pouco mais de 5 mil habitantes. Conforme o IBGE, a cidade aparece no ranking nacional em 65º com PIB per capita de R$ 185.063,32 e população estimada de 5.751 habitantes, em 2021.

PIB estadual cresceu 16% em 2021

Em 2021, Mato Grosso do Sul registrou PIB a preços correntes de R$ 142,2 bilhões. O valor é 16% maior que o registrado em 2020 (R$ 122,2 bilhões). Se desconsiderada a participação dos impostos (R$ 16,2 bilhões), o valor adicionado bruto foi de R$ 125,9 bilhões (2021), tendo sido R$ 109 bilhões em 2020.

Os dados são do IBGE e destacam a participação de Campo Grande, que está entre os 100 maiores PIBs a preço corrente do Brasil, porém caiu 6 posições no ano de 2021, passando da 29º posição no ranking para a 35º posição entre os 5.570 municípios brasileiros.

No ranking regional, entre os 30 municípios do Centro-Oeste com maiores PIBs, seis são de Mato Grosso do Sul. Nesta lista, Campo Grande ficou em 3º lugar, atrás de Brasília/DF e Goiânia/GO. Três Lagoas apareceu em 9º lugar, com PIB de R$ 13,0 bi e Dourados ficou em 10º lugar, com PIB de R$ 12,6 bi.

O município de Ponta Porã ocupa a 25ª posição, com PIB de R$ 5,0 bilhões. Maracaju aparece em 30º lugar, com R$ 4,0 bilhões.