Faltando 22 dias para o prazo, Receita recebe 57% das declarações dos contribuintes de MS

O prazo final para a declaração do Imposto Renda é dia 31 de maio
| 09/05/2022
- 16:12
Faltando 22 dias para o prazo, Receita recebe 57% das declarações dos contribuintes de MS
Imposto de renda 2022. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

A Receita Federal divulgou dados que indicam que 275.019 mil declarações do IRPF 2022 (Imposto de Renda da Pessoa Física) foram entregues por contribuintes de Mato Grosso do Sul até o último domingo (8). A estimativa eram de 478.548 declarações, portanto, o Estado ainda pretende receber 203.529 impostos de renda.

No cenário nacional, 20.007.073 declarações foram entregues pelos contribuintes. A estimativa é de que 34.100.000 impostos sejam declarados até o fim do prazo, no dia 31 de maio. Semelhante à situação de Mato Grosso do Sul, o recebeu 58% das declarações. Já Goiás e Tocantis, 62% dos impostos de renda foram declarados e em Mato Grosso 64% das declarações foram entregues.

IRPF - Faltando 22 dias para o prazo, Receita recebe 57% das declarações dos contribuintes de MS
Foto: Divulgação

De acordo com calendário, o imposto de renda pode ser parcelado em até 8 vezes, com atualização mensal dos valores. Confira:

Cota    Vencimento

1ª        31/mai

2ª        30/jun

3ª        29/jul

4ª        31/ago

5ª        30/set

6ª        31/out

7ª        30/nov

8ª        29/dez

Para pagar o imposto de renda em débito automático da cota única ou da primeira cota em diante, precisa enviar sua até dia 10 de maio. Após este prazo, o contribuinte deverá pagar com emissão de DARF. No entanto, é possível optar pelo débito em conta das demais parcelas. Todas as parcelas têm data de vencimento marcada para o último dia útil do mês.

Para emitir o DARF de imposto de renda de pessoa física já preenchido, o contribuinte pode utilizar o sistema Meu Imposto de Renda, ou emitir a manualmente pelo aplicativo SicalcWeb. 

Prazo final

Com data prorrogada, o último dia para declarar o imposto de renda é no dia 31 de maio. A nova data foi divulgada no Diário Oficial da União, na Instrução Normativa nº 2.077.

O prazo anterior era dia 29 de abril, mas para diminuir possíveis efeitos da pandemia de covid-19 que possam dificultar o processo da declaração, o prazo foi prorrogado para 31 de maio.

Restituições

As restituições do Imposto de Renda seguem o cronograma já estabelecido com o primeiro lote previsto para 31 de maio. Os segundo e terceiro lotes nos dias 30 de junho e de julho. O quarto lote de restituições está previsto para 31 de agosto; já o quinto, para 30 de setembro.

Veja também

Últimas notícias