MS ocupa o 5º lugar em taxa de crescimento de empregos no ano, aponta Caged

Conforme os dados do cadastro geral, o Estado criou 2.586 novas vagas de emprego no mercado de trabalho formal
| 06/06/2022
- 13:45
emprego carteira de trabalho
(Foto: Divulgação/ Governo de MS)

está entre os 5 primeiros estados com as maiores taxas de crescimento de empregos no país neste ano, de acordo com levantamento do (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados nesta segunda-feira (6) pelo Ministério do Trabalho e da Previdência Social.

Conforme os dados do cadastro geral, o Estado criou 2.586 novas vagas no mercado de trabalho formal, com 29.060 novas admissões e 26.474 desligamentos. A partir deste resultado, a unidade federativa acumula mais de 19.068 vagas no mercado de trabalho formal no quadrimestre.

No ano de 2021, o mês de dezembro gerou um aumento de 3,39% no número de empregos, o que contribuiu para a classificação em 5º lugar no número de crescimento de oportunidades em Mato Grosso do Sul, que fica atrás do Amapá (4,31%), Goiás (3,74%), Roraima (3,52%) e Mato Grosso (3,48%).

Em contrapartida, o setor industrial apresentou queda de 335 vagas de emprego em abril no Estado. Os demais setores ficaram com saldo positivo no número de oportunidades, na área de serviços 1.038 empregos foram criados, em seguida o comércio com 659 vagas, a agricultura com 652 e a construção com 572.

Os municípios com o melhor saldo de oportunidades são Campo Grande com 552 vagas, Três Lagoas com 453, Ribas do Rio Pardo com 354, Nova Alvorada do Sul com 304, Vicentina com 241, Caarapó com 230. A cidade de Costa Rica conta com 116 oportunidades, Ivinhema com 111 e Nova Andradina com 117. A nível nacional, o Brasil gerou 196,9 mil empregos formais.

No período de um ano, considerando desde maio do ano passado até abril deste ano, Mato Grosso do Sul gerou 37.808 empregos com registro em carteira.

Vale lembrar que a Funtrab (Fundação do Trabalho) está realizando o Feirão Digital de Empregos no aplicativo "MS Contrata+" até a sexta-feira (10).

Veja também

Educadores podem se inscrever partir desta terça-feira (28) até a próxima quarta-feira (30)

Últimas notícias