Cotidiano / Economia

PIS-PASEP: quem trabalhou em 2020 pode ter direito a até R$ 1,1 mil; confira como receber

Gabriel Maymone Publicado em 14/04/2021, às 13h02

Saques do PIS-PASEP 2021 e 2022 foram unificados para fevereiro do ano que vem
Saques do PIS-PASEP 2021 e 2022 foram unificados para fevereiro do ano que vem - Divulgação

O Governo Federal anunciou a unificação do calendário de pagamentos do PIS-PASEP 2021 e 2022 para fevereiro do ano que vem. Assim, quem trabalhou em 2020 e 2021 e atendam aos critérios, terão direito a receber até R$ 1,1 mil de abono salarial em 2022.

A justificativa se deu por conta do orçamento de 2021, que ainda está sob impasse. O PIS é o abono pago a trabalhadores de empresas privadas e é feito pela Caixa Econômica Federal. Já o Pasep é destinado a servidores públicos, que recebem através do Banco do Brasil.

Saiba se você tem saldo disponível para saque de até R$ 1,1 mil do PIS-PASEP

Entretanto, as regras para concessão do benefício não mudam. Isso significa que o benefício deverá ser pago para todo trabalhador que teve ao menos 30 dias de carteira assinada em 2020 e consequentemente em 2021.

Porém, haverá dois cálculos distintos: um para quem trabalhou em 2020 e outro para o ano base de 2021. Além disso, o cidadão precisa ainda:

  • Ter tido um ganho máximo dois salários mínimos por mês, durante o período em exercício
  • O trabalhador também precisa estar inscrito no PIS há pelo menos cinco anos, e a empresa deve ter informado os dados do empregado de forma correta ao governo brasileiro.

Valor do PIS-PASEP

Logo, o cálculo é feito da seguinte forma. O trabalhador precisa contar os meses trabalhados e dividir o salário mínimo vigente - que em 2021 é de R$ 1.100 pelo tempo de trabalho. Veja a tabela a seguir conforme os meses de serviço:

Proporção (meses trabalhados)Valor
1R$ 92,00
2R$ 184,00
3R$ 275,00
4R$ 367,00
5R$ 459,00
6R$ 550,00
7R$ 642,00
8R$ 734,00
9R$ 825,00
10R$ 917,00
11R$ 1.009,00
12R$ 1.100,00

Como saber se tenho direito?

Para saber se você tem saldo para saque, é possível consultar, dependendo do benefício que têm direito - PIS ou PASEP. Veja abaixo as formas de consulta do PIS-PASEP 2021:

PIS (trabalhador de empresa privada): 

  • Por meio do aplicativo Caixa Trabalhador;
  • No site da caixa (www.caixa.gov.br/PIS), clique em “Consultar pagamento”;
  • Pelo telefone de atendimento da Caixa: 0800 726 0207 

Pasep (servidor público): 

Pelos telefones da central de atendimento do Banco do Brasil:

  • 4004-0001 (capitais e regiões metropolitanas);
  • 0800 729 0001 (demais cidades);
  • 0800 729 0088 (deficientes auditivos);
  • App BB PASEP.

Também é possível verificar o saldo pelo aplicativo Carteira de Trabalho Digital (https://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.dataprev.carteiradigital&hl=pt_BR&gl=US)

Quem tem direito ao PIS/Pasep?

  • Trabalharam por pelo menos 30 dias no ano base;
  • Quem recebeu o máximo de dois salários mínimos durante o calendário base;
  • Está inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos;
  • Fique com os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Como sacar o PIS/Pasep?

Os beneficiários que não possuem conta nos bancos, podem ir até um caixa eletrônico, com o cartão cidadão e a senha para sacar o dinheiro.

Aqueles que não tem o cartão pode receber o valor em qualquer agência da Caixa, mas é preciso levar documento de identificação com foto, CPF e carteira de trabalho. 

Aqueles que possuem dúvida e querem saber se tem direito ao PIS, o trabalhador pode telefonar para a Caixa no 0800-726-02-07 ou acessar o site oficial da Caixa. Para a consulta, é necessário ter em mãos o número do NIS (PIS/Pasep).

Os servidores que recebem Pasep devem verificar se houve depósito em conta no Banco do Brasil. Caso isso não tenha ocorrido, basta procurar uma agência do BB para regularizar a situação. Mais informações sobre o Pasep podem ser obtidas pelo telefone 0800-729 00 01, do Banco do Brasil.

Jornal Midiamax