Cotidiano / Economia

É você? PIS-PASEP libera R$ 22,8 bilhões para saque e trabalhadores devem procurar a Caixa

Saiba quem tem direito e como obter os recursos

Gabriel Maymone Publicado em 15/09/2021, às 07h36

Caixa está procurando trabalhadores para pagar cotas do PIS-PASEP
Caixa está procurando trabalhadores para pagar cotas do PIS-PASEP - Marcelo Camargo / Agência Brasil

A Caixa Econômica Federal comunicou recentemente que liberou cerca de R$ 22,8 bilhões para saque do PIS-PASEP para quem trabalhou com carteira assinada entre os anos de 1971 a 1988. Contudo, o banco informou que não está conseguindo localizar os titulares.

Para quem exerceu atividade formal neste período, basta se dirigir a uma agência da Caixa para sacar o que lhe é de direito do PIS-PASEP. Vale lembrar que as cotas do PIS-PASEP se diferenciam do abono salarial, tendo em vista que a cota é possível somente para os trabalhadores que exerceram atividade até 1º de outubro de 1988, onde os trabalhadores podem resgatar as cotas apenas uma vez na vida.

É importante destacar que, em caso de falecimento do titular das cotas, o herdeiro pode sacar os recursos. Porém, isso deve ser feito até 2025, quando o dinheiro volta para a União.

Como realizar o saque das cotas do PIS-PASEP

Existem várias opções, mas o trabalhador que possui o Cartão Cidadão pode se dirigir a um caixa eletrônico, que o dinheiro estará disponível na conta. Há a possibilidade de saque em lotéricas ou correspondentes Caixa, porém, com limite de R$ 3 mil com o cartão.

É possível, também, ir a uma agência Caixa com documento de identificação original com foto. No caso de falecimento do titular, seus herdeiros direitos (cônjuge, filhos) podem realizar o saque da quantia se dirigindo a uma agência da Caixa, para isso será necessário comprovar o vínculo com o falecido por meio da certidão de óbito.

Jornal Midiamax