Cotidiano / Economia

Governo federal vai liberar voucher creche no valor de R$ 250; saiba quem tem direito

Proposta faz parte do novo Bolsa Família

Gabriel Maymone Publicado em 18/05/2021, às 12h37

Voucher creche vai liberar crédito de R$ 250 em escolas particulares
Voucher creche vai liberar crédito de R$ 250 em escolas particulares - Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Governo Federal estuda medida para liberar R$ 6 bilhões do Fundeb (Fundo de Educação Básica) para pagar voucher de R$ 250 em creches particulares para famílias vulneráveis. Será contemplado quem fizer parte do novo Bolsa Família e tiver crianças de 0 a 3 anos de idade.

Conforme o projeto, o voucher será pago a famílias que arcam com mensalidades em escolas particulares. A ideia é que com o Voucher creche as famílias possam colocar os filhos nas creches particulares e, assim, poderem retornar ao mercado de trabalho.

Segundo o ministro da Economia, Paulo Guedes, será preciso usar R$ 6 bilhões anuais para bancar essa nova despesa. 

A justificativa do governo é de que há falta de creches públicas suficientes nos municípios para atender esse público. Então, com esse repasse será possível sanar esse déficit. 

No ano passado, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chegou a falar em auxílio creche no valor de R$ 52, mas a proposta não teve boa aceitação e, então, a equipe econômica do governo elaborou um novo projeto.

Propostas para o Novo Bolsa Família

  • Ampliação da média paga, passando de R$ 192 para R$ 250;
  • Ampliação no número de beneficiários do Bolsa Família (atualmente 14,6 milhões de famílias, em situação de extrema pobreza e pobreza, recebem o benefício);
  • Voucher creche de R$ 250 ao mês;
  • Auxílio-creche mensal de R$ 52 por criança;
  • Auxílio-creche de R$ 200 para mães;
  • Ajuda financeira de R$ 52 para as famílias carentes com crianças de até cinco anos;
  • Bolsa mensal de R$ 100 para alunos destaques em ciência e tecnologia ou em atividades esportivas;
  • Prêmio anual de R$ 200 para os melhores estudantes;
  • Prêmio anual de R$ 1 mil para alunos destaques em ciência e tecnologia ou em atividades esportivas.
Jornal Midiamax