Cotidiano / Economia

Com pandemia, INSS libera prova de vida digital a aposentados e pensionistas; saiba como fazer

Serviço pode ser realizado por 700 mil segurados

Gabriel Maymone Publicado em 16/05/2021, às 11h00

Segurado não precisará ir até agência do INSS fazer prova de vida
Segurado não precisará ir até agência do INSS fazer prova de vida - Divulgação

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) liberou a prova de vida digital para cerca de 700 mil aposentados, pensionistas e anistiados políticos civis e seus pensionistas. O serviço passou por fase de testes desde novembro de 2021, mas já está disponível para todos.

Com a pandemia do coronavírus, a prova de vida digital permite que o segurado apresente a comprovação sem a necessidade de comparecer a uma agência do INSS. A medida é necessária para manter o benefício previdenciário.

Como fazer a prova de vida digital do INSS?

O serviço pode ser acessado por meio do aplicativo sougov.br, canal de atendimento recém-lançado pelo governo federal, exclusivo para servidores públicos federais ativos, aposentados, pensionistas e anistiados em substituição ao aplicativo Sigepe Mobile.

Porém, para conseguir realizar a prova de vida, o beneficiário deve ter a biometria cadastrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) ou no Denatran (Departamento Nacional de Trânsito).

Assim, a comprovação digital é realizada por meio da validação facial, conforme instruções presentes no aplicativo SouGov.br.

Outra novidade do sougov.br é que todos os beneficiários – independentemente de ter ou não biometria – podem acompanhar a situação da prova de vida por meio do aplicativo, e também obter o comprovante e receber notificações para lembrar do prazo para a realização da comprovação.

Consulte o calendário disponibilizado no site da Caixa Econômica Federal :calendario de prova de vida do inss

Caso você ainda tenha alguma dúvida, poderá consultar o atendimento do INSS pelo telefone 135.
Jornal Midiamax